Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Artur Jorge: “Queremos depender apenas de nós”
Festas de Nossa Senhora da Lapa vividas em formato digital

Artur Jorge: “Queremos depender apenas de nós”

Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva conta ‘histórias aqui e ali’

Artur Jorge: “Queremos depender apenas de nós”

Desporto

2020-07-15 às 06h00

Carlos Costinha Sousa Carlos Costinha Sousa

Artur jorge não tem dúvidas de que o SC Braga tem tudo na mão para poder depender apenas de si próprio para assegurar o terceiro lugar. Técnico acredita em deslize do Sporting e que os Guerreiros do Minho vão conseguir chegar novamente ao pódio.

Com três pontos a separar as duas equipas na luta pelo terceiro lugar, Artur Jorge acredita que o SC Braga vai ter a oportunidade de depender apenas de si próprio para garantir essa posição no final da época. Para tal, terá sempre que acontecer um desaire por parte do Sporting. Mas a crença de que isso será uma realidade é grande no técnico bracarense. Mas Artur Jorge avisa que, para além dos leões terem que perder pontos, os Guerreiros do Minho também têm que conquistar o máximo de pontos.
Na antevisão ao jogo de hoje com o Belenenses, que tem início marcado para as 19.15 horas, o treinador afirma que espera, acima de tudo, conquistar mais um triunfo e só depois pensará no adversário na luta pelo pódio (Sporting entra em acção contra o FC Porto depois do jogo do SC Braga). Uma derrota dos leões e um triunfo bracarense ditará vantagem para os arsenalistas, devido à vantagem que têm no confronto directo. “Estou a torcer por ganhar ao Belenenses SAD, mas não fujo a essa questão. Naturalmente, que esta é uma jornada muito importante nesta luta e sabíamos que uma vitória em Paços de Ferreira [5-1] nos poderia pôr a olhar para este jogo de forma a podermos depender de nós próprios, se o Sporting” perder com o Porto.
Artur Jorge frisou, contudo, que a sua equipa tem que fazer o seu trabalho, “que é vencer o Belenenses”, para somar mais três pontos e, no final da ronda, ver se está na posição que pretende para “atacar” as últimas rondas. Com cerca de 10 dias de trabalho, Artur Jorge considera que a equipa já tem um dedo seu, sobretudo em “alguma atitude” que pretende “que seja uma matriz dentro” do clube. “Aquilo que queremos trabalhar do ponto de vista estratégico para cada um dos jogos, poder libertar os jogadores, dando-lhes confiança, fazer com que sejam iguais a si próprios, porque sabemos que são de grande qualidade, e fazer com que a motivação possa estar no limite para poder abordar estes últimos jogos no limite, sermos muito fortes na agressividade, no compromisso e no querer, uma equipa mais à imagem do que quero”, disse.
Artur Jorge falou ainda da actualidade, considerando que não vai ser uma fase menos boa a nível desportivo que vai abalar o que tem sido feito de bom nos últimos anos. “O SC Braga tem tido um crescimento enormíssimo, afirmando-se nos três, quatro primeiros lugares. Tem grande potencial”, referiu.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho