Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Arcos de Valdevez investe cem mil euros para relançar turismo
Presidente da Câmara visitou empresa Robobeck na Zona Industrial da Pousa

Arcos de Valdevez investe cem mil euros para relançar turismo

Direcção do CRAV continua por mais nove meses

Arcos de Valdevez investe cem mil euros para relançar turismo

Alto Minho

2020-06-02 às 14h44

Redacção Redacção

Primeira fase do programa destina-se às pessoas que estiveram na linha da frente do combate à epidemia com a atribuição de vales para descontar nos hotéis e restaurantes aderentes.

A Câmara de Arcos de Valdevez vai investir 100 mil euros nas duas fases de um programa de apoio ao turismo que inclui um novo portal para promoção do sector, afectado pela pandemia de Covid-19.
Em declarações ontem à agência Lusa, o presidente João Manuel Esteves explicou que a primeira fase do Programa de Apoio ao Turismo de Arcos de Valdevez (PATAV), orçada em 50 mil euros, arranca este mês, “destinada às pessoas do concelho que estiveram na primeira linha de combate à pandemia do novo coronavírus”.

“Vamos oferecer uma noite num alojamento local e um jantar para duas pessoas. Nesta fase, o apoio destina-se aos profissionais que operam no concelho nas áreas da saúde, socorro, forças de segurança, colaboradores dos lares de idosos e do serviço de apoio domiciliário das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS). Os vales serão para descontar nos hotéis e restaurantes que aderirem ao PATAV. É uma forma de reconhecermos o trabalho que desenvolveram no período de emergência de combate e, ao mesmo tempo, ajudarmos a economia local”, especificou.
O autarca social-democrata de Arcos de Valdevez explicou que a partir de ontem os restaurantes e hotéis podem aderir ao PATAV, através de inscrição a formalizar no novo portal criado pela autarquia, sendo que na próxima semana arrancará o período de inscrição para os interessados em beneficiar deste apoio.

A segunda fase do projecto, “de igual valor financeiro, será lançada no Verão, mas os vales a atribuir serão para descontar na época baixa, a partir de Setembro”, disse.
Já o sítio na internet ontem apresentado [www.visitarcos.pt] reúne “todas as actividades disponíveis, que podem ser feitas em casal, em família ou em grupo, informação sobre restaurantes, pastelarias, sobre as quintas que promovem degustação de vinho, bem como toda a programação cultural e gastronómica da vila”.
“O portal desenvolvido pela autarquia disponibiliza uma ferramenta de planeamento. O turista escolhe as experiências que quer viver e a plataforma junta as propostas e cria um roteiro de viagem num destino seguro, de confiança e que tem muitos atractivos”, referiu o autarca.

Em Maio a Câmara de Arcos de Valdevez lançou um programa de apoio a famílias com quebra temporária de rendimentos, devido à pandemia, através de vales de compras no comércio tradicional, num investimento de 100 mil euros.
O próximo programa de apoio terá como alvo os produtos endógenos do concelho de Arcos de Valdevez.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho