Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Arcos de Valdevez é Autarquia Familiarmente Responsável
Universidade Lusíada: Entrega de Cartas de Curso é momento de agradecimento e de reflexão

Arcos de Valdevez é Autarquia Familiarmente Responsável

Chuva ‘abrandou’ os treinos na Falperra

Arcos de Valdevez é Autarquia Familiarmente Responsável

Alto Minho

2021-11-24 às 13h12

Redacção Redacção

Nos últimos anos a Câmara Municipal tem vindo a implementar diversas medidas e políticas sociais familiarmente responsáveis. Esta distinção reflete a atenção que o Municipio tem dado às políticas amigas das famílias, como o apoio às crianças e jovens desde a creche ao 12º ano, bolsas para o ensino superior, isenção e redução de impostos e taxas municipais, apoios às famílias desfavorecidas e instituições, entre outras medidas que contribuem para o aumento da qualidade de vida dos arcuenses.

Citação

O Município de Arcos de Valdevez foi distinguido como Autarquia Familiarmente Responsável, integrando assim a lista dos 84 municípios distinguidos com Bandeiras Verdes pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis (OAFR) por terem adotado “políticas amigas da família”, apesar das restrições da pandemia.
Nos últimos anos a Câmara Municipal tem vindo a implementar diversas medidas e políticas sociais familiarmente responsáveis. Esta distinção reflete a atenção que o Municipio tem dado às políticas amigas das famílias, como o apoio às crianças e jovens desde a creche ao 12º ano, bolsas para o ensino superior, isenção e redução de impostos e taxas municipais, apoios às famílias desfavorecidas e instituições, entre outras medidas que contribuem para o aumento da qualidade de vida dos arcuenses.
O OAFR foi criado em 2008 pela Associação Portuguesa de Famílias Numerosas e para acompanhar, galardoar e divulgar as melhores praticas das autarquias portuguesas em matéria de responsabilidade familiar para as famílias em geral.

Medidas Implementadas pelo Município:
Reforço da Ação Social Escolar através das atividades de enriquecimento curricular (AEC`S) e oferta de transportes escolares gratuitos, oferta de livros de fichas e atividades, apoio nas refeições escolares, no ensino digital, no prolongamento do horário e na criação de ATL`s; Atribuição de bolsas de estudo aos alunos do ensino superior;
Reforço do apoio às famílias e às pessoas desfavorecidas, através do apoio aos trabalhadores com perda de rendimentos, da linha de apoio a pessoas com necessidades especiais e do programa Vale de Compras “Recontro”;
Aplicação do IMI Familiar em que as famílias com dependentes beneficiam de mais uma dedução no IMI, no valor de 20 euros para 1 dependente, 40 euros para 2 dependentes e 70 euros para 3 ou mais dependentes;
Redução da taxa de IMI;
Redução da taxa de participação do Município no IRS aos munícipes;
Não aumento das Taxas e Tarifas municipais,
Aprovado um apoio ao pagamento das tarifas fixas de água e saneamento;
Oferta municipal de estágios curriculares e profissionais e intensificação das relações com as empresas, procurando agilizar a integração no emprego de jovens e desempregados;
Os jovens até aos 35 anos de idade beneficiam da isenção de IMT na aquisição de habitação própria;
Apoio à fixação de jovens no concelho através da requalificação de edifícios devolutos para arrendamento jovem apoiado;
Apoio na melhoria das condições de habitabilidade e realojamento em habitações de pessoas desfavorecidas;
Intensificação da cooperação com as entidades locais de saúde, ação social e proteção civil; Apoio financeiro à atividade corrente, à realização de obras e aquisição de equipamentos e na distribuição de equipamentos de proteção individual; Apoio à pessoa com deficiência e doentes oncológicos, entre muitas outras ações de sensibilização e de proximidade;
Promoção de programas e iniciativas de apoio ao envelhecimento ativo e saudável e de convívio intergeracional, no âmbito do Plano Municipal do Idoso;
Promoção da participação em programas e iniciativas de apoio à igualdade, integração e valorização social, no âmbito do Plano Municipal da Igualdade de Género e não Discriminação
Dinamização do Gabinete de Apoio ao Emigrante através do apoio no regresso e reinserção de emigrantes.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho