Correio do Minho

Braga, terça-feira

Apresentados projectos vencedores do Orçamento Participativo de Braga
Oficinas de Criatividade homenageiam cientista nascido em Arcos de Valdevez

Apresentados projectos vencedores do Orçamento Participativo de Braga

Bienal de Flauta Transversal encerra com chave de ouro

Braga

2018-11-15 às 23h30

Redacção

Os projectos vencedores são: a requalificação dos balneários do rinque de Padim da Graça (82.600€), com 1.967 votos; o projecto ‘Idade Maior Braga Oeste’, Sequeira (85.000€), com 1.859 votos; o Centro Interpretativo dos Abades de Priscos (85.000€), com 1.255 votos; a cobertura do rinque desportivo de Oliveira (85.000€) com 1238 votos; a implementação de valências no rocódromo de escalada, Gualtar (84.800€), com 709 votos; a reabilitação da Escola do Padrão, Tadim (85.000€), com 518 votos; o projecto ‘APPACDM – Vamos dar cobertura a este projecto, Gualtar (85.000€) com 396 votos’; e a remodelação da Igreja Matriz Velha de Lomar (85.000€), com 343 votos. O OP contou, este ano, com 12.263 participantes registados. Num universo de 73 projectos apresentados, passaram à primeira fase de votação 49 propostas, tendo sido registados 7.921 votos. Na segunda fase estiveram a votação 29 projectos, tendo sido obtidos 9.638 votos.

São oito os projectos vencedores da quinta edição do Orçamento Participativo (OP) do Município de Braga, aos quais se juntam mais seis referentes ao OP Escolar. Mais uma vez, os Bracarenses responderam afirmativamente ao repto lançado pela Autarquia e mobilizaram-se para escolher os projectos que serão desenvolvidos durante o próximo ano.
Os projectos vencedores são: a requalificação dos balneários do rinque de Padim da Graça (82.600€), com 1.967 votos; o projecto ‘Idade Maior Braga Oeste’, Sequeira (85.000€), com 1.859 votos; o Centro Interpretativo dos Abades de Priscos (85.000€), com 1.255 votos; a cobertura do rinque desportivo de Oliveira (85.000€) com 1238 votos; a implementação de valências no rocódromo de escalada, Gualtar (84.800€), com 709 votos; a reabilitação da Escola do Padrão, Tadim (85.000€), com 518 votos; o projecto ‘APPACDM – Vamos dar cobertura a este projecto, Gualtar (85.000€) com 396 votos’; e a remodelação da Igreja Matriz Velha de Lomar (85.000€), com 343 votos.
O OP contou, este ano, com 12.263 participantes registados. Num universo de 73 projectos apresentados, passaram à primeira fase de votação 49 propostas, tendo sido registados 7.921 votos. Na segunda fase estiveram a votação 29 projectos, tendo sido obtidos 9.638 votos.
Os oito projectos eleitos abrangem várias áreas de intervenção municipal, nomeadamente desporto, saúde e bem-estar; ecologia, ambiente e energia; solidariedade e coesão social; equipamentos e espaços públicos; cultura e património; trânsito, mobilidade, acessibilidades e segurança rodoviária; e turismo, comércio e promoção económica.
Orçamento Participativo Escolar
O Município de Braga atribui uma parte do seu orçamento à comunidade educativa, através do Orçamento Participativo Escolar. A votação dos projectos aprovados no Orçamento Participativo Escolar para o ano lectivo 2018/2019 decorreu no Centro de Recursos Educativos, estando os directores dos 13 Agrupamentos e os representantes das respectivas associações de estudantes.
Dos 17 projectos a votação, os seis mais votados foram: “Espaço Multiusos da Escola EB2/3 de Tadim”, pelo Agrupamento Trigal Santa Maria (18.850€); “Requalificação do Campo das Laranjeiras”, pelo Agrupamento Dr. Francisco Sanches (18.867€); “Laboratório de Robótica e Programação”, pelo Agrupamento André Soares (7.304€); “Remodelação da Sala de Convívio dos Alunos, pelo Agrupamento Braga Oeste (15.065€); “Mochila guardada, Saúde cuidada”, pelo Agrupamento de Celeirós (19.850€) e “Espaços de outra aprendizagem”, pelo Agrupamento Alberto Sampaio (18.694.77€).
O OP Escolar representa um investimento na ordem dos cem mil euros.
OP dá continuidade à estratégia de proximidade
Para Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, os resultados comprovam o “enorme potencial” desta iniciativa implementada em 2014. “Com o Orçamento Participativo damos continuidade à estratégia de proximidade e de gestão aberta para toda a comunidade, promovendo uma cidadania mais activa e interventiva”, sustentou o Edil na apresentação pública dos resultados do OP, que teve lugar esta Quinta-feira, 15 de Novembro, no Museu D. Diogo de Sousa.
O Autarca Bracarense lembrou que a participação dos cidadãos tem sido um “eixo estratégico da actividade municipal”. “É com grande satisfação que vemos os Bracarenses, de diversas faixas etárias, a abraçarem estes projectos e a empenharem-se em concretizar as suas ideias”, referiu, sublinhando que esta é a melhor prova de que os cidadãos estão conscientes das necessidades à sua volta e empenhados em encontrar soluções através de uma cidadania activa.
Nas quatro edições anteriores, o Executivo Municipal alocou um total de 2 milhões e 900 de euros, verba que ajudou as comunidades a concretizar projectos que se têm revelado cruciais para o bem-estar e para o aumento da qualidade de vida das suas populações. Desde a sua criação, foram apresentadas ao OP 402 propostas.
A edição deste ano ficou marcada pela existência da nova plataforma tecnológica – Portal ‘Braga Participa’ – que reúne num único local todas as funcionalidades de apoio e informação necessárias sobre os Orçamentos Participativos do Município (OP Geral, OP Escolar e ‘Tu Decides!), que continuam a manter a sua existência autónoma.
O portal veio organizar a informação e facilitar o processo de pesquisa por parte dos cidadãos, que desta forma usufruem de maior agilidade na participação nestas iniciativas e na busca de notícias relevantes sobre eventos relacionados com participação cívica.
De referir que os resultados das votações do OP geral e do OP Escolar estarão disponíveis no portal participe.cm-braga.pt.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.