Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
“António Cunha é a pessoa certa para impulsionar o desenvolvimento do Norte”
Surto em lar afecta infecta 53 utentes e 11 funcionário

“António Cunha é a pessoa certa para impulsionar o desenvolvimento do Norte”

Riba de Ave cresce em várias frentes

“António Cunha é a pessoa certa para impulsionar o desenvolvimento do Norte”

Braga

2020-09-22 às 06h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Presidente da Câmara expressou ontem o seu apoio público à candidatura de António Cunha à CCDR-N, considerando que o ex-reitor da UMinho é “uma excelente solução para o cargo”. Vereadores do PS e CDU optaram por não tomar posição.

Ricardo Rio considera que António Cunha” é a pessoa certa para impulsionar o desenvolvimento do Norte do país”, por isso o presidente da Câmara Municipal de Braga expressou ontem publicamente o seu apoio à candidatura do ex-reitor da Universidade do Minho à presidência da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) e apelou a todo o executivo para subscrever o termo de subscrição da candidatura.
Para Ricardo Rio, a candidatura de António Cunha — que surge do convite que lhe foi lançado por forças políticas do PSD e do PS — é “um excelente solução final” para “um processo que não terá sido gerido da melhor forma”.

O edil lembrou que “o professor António Cunha é uma personalidade “com enormíssima capacidade, tem-no demonstrado nos diversos contextos em que intervém, quer enquanto reitor da Universidade do Minho, quer na interacção com os vários domínios empresariais e científicos em que tem estado envolvido”.
Rio enaltece ainda o facto de o ex-reitor ser “um concretizador”, argumentando que “nós precisamos de pessoas que ajudem a impulsionar o desenvolvimento do Norte”.

“António Cunha é uma pessoa com capacidade de mediação e interlocução com todos os agentes e portanto eu como presidente de câmara e como cidadão revejo-me nesta candidatura e irei apoiá-la e por isso julgo que os meus colegas do executivo o deveriam fazer porque não é só positivo para Braga, é positivo para a região e é positivo para o país”, rematou.
Apesar do desafio lançado por Ricardo Rio, no final da reunião de câmara, os vereadores do PS não se comprometeram com o apoio solicitado.
Os vereadores do PS escusaram-se a tomar posição sobre a candidatura, por não terem ainda “conhecimento oficial” da mesma e por considerarem que terão deverá ser o partido a pronunciar-se.

Na mesma linha, Carlos Almeida recordou que o PCP tem “uma discordância muito grande sobre a existência das CCDR, pelo que, desde logo à partida existe aqui um princípio que distorce a nossa visão da descentralização de poder”, explicou. Para o vereador da CDU, “mais importante que a escolha de um nome, está em causa a estrutura de funcionamento desta ramificação do Governo central”. Carlos Almeida remeteu uma também uma de posição sobre esta matéria para “o colectivo partidário”. As eleições indirectas para um presidente e um vice-presidente para cada uma das CCDR foram convocadas para 13 de Outubro, entre as 16 e as 20 horas, segundo um despacho publicado no Diário da República na quinta-feira.

A eleição decorrerá por um colégio eleitoral de autarcas, constituído pelos presidentes das câmaras, presidentes das assembleias municipais, vereadores e deputados municipais, incluindo os presidentes das juntas de freguesia da respectiva área geográfica.
Até agora, os presidentes das cinco CCDR eram nomeados pelo Governo.

António Cunha aceita convite após acordo entre PS e PSD

O ex-reitor da Universidade do Minho António Cunha assumiu, em declarações à Agência Lusa, que é candidato à presidência da CCDR-N, tendo o seu nome sido proposto pelo PS e pelo PSD.
“Sou candidato. Houve um acordo entre os dois partidos [PS e PSD] em relação ao meu nome, fui convidado e aceitei o convite que me foi feito”, revelou.
António Cunha, de 59 anos, foi reitor da UMinho entre 2009 e 2017 e do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho