Correio do Minho

Braga, segunda-feira

‘Andarilho’ divulga trabalhos dos alunos
Prémios enaltecem mérito de alunos das escolas da Póvoa de Lanhoso

‘Andarilho’ divulga trabalhos dos alunos

UMinho em programa revolucionário de monitorização global da biodiversidade

As Nossas Escolas

2019-06-06 às 09h15

Miguel Viana

Escola e comunidade são os temas centrais da revista editada pelo Agrupamento de Escolas de Maximinos. A publicação contou com a colaboração de alunos dos vários graus de ensino.

O Agrupamento de Escolas de Maximinos lançou, ontem, a 41.ª edição da revista Andarilho’. A publicação tem carácter anual e visa dar a conhecer trabalhos realizados pelos alunos
“Todos os anos procuramos que a revista tenha uma temática. Este ano é sobre a ‘Escola e a Comunidade. De acordo com os projectos que foram desenvolvidos na escola, desenvolvemos vários sub-temas que deram origem aos três capítulos da revista”, disse a professora Justina Santos, coordenadora da revista ‘Andarilho’.
Os temas foram escritos pelos alunos dos diferentes graus de ensino (desde o Jardim de Infância) e dos vários estabelecimentos de ensino do agrupamento.

“Os artigos resultam dos diversos trabalhos feitos pelos alunos ao longo do ano, no âmbito da flexibilização curricular. Os alunos são impulsionados pelos professores e já estão habituados a participar”, acrescentou Justina Santos. O director do Agrupamento de Escolas de Maximinos, Joaquim Gomes, conside- rou que o lançamento da revista em papel, contribui para manter viva a memória do Agrupamento de Escolas. “Estamos muito marcados pelas redes sociais e os alunos começam a perder a noção do que é uma publicação em papel. Hoje fazemos uma publicação nas redes sociais e daqui a um mês perde-se. Uma publicação em papel, daqui a um ano ainda é recordada”, disse Joaquim Gomes. O responsável escolar considerou, ainda que a edição da revista é uma “forma de aproximação total da escola à sociedade e é uma homenagem aos professores”.

A apresentação da revista contou com vários momentos apresentados pelos alunos, sobre os trabalhos incluídos na publicação. Os alunos do Jardim de Infância da Naia cantaram uma música elaborada no âmbito do projecto ‘Se os Mares, Rios Poluem, os Peixinhos vão Fugir’. A aluna Leonor (uma criança invisual), da Escola EB1 da Gandra leu um poema em ‘braille’ e que foi feito no âmbito da Semana da Inclusão. O jovem Alexandre, do 7.º1, leu um poema sobre a melhor amiga, enquanto que um grupo de alunos do 6.º4 leu o poema ‘O Mergulho ao Fundo do Mar’, inserido no projecto ‘Aprender a Gostar de Ler’. Os alunos Bryan e Erika, do 6.º 6, foram os autores do mural que deu origem à capa da revista. “Foi uma experiência diferente e não esperávamos que chegasse a ser a capa da revista. Ficamos muito felizes. Fizemos o painel com caixas de cereais e material reciclado”, explicaram os alunos aos colegas que assistiram ao lançamento da revista ‘Andarilho”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.