Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Amares registou aumento de 9,3% na recolha selectiva
“Aqui é onde nos sentimos mais seguros”

Amares registou aumento de 9,3% na recolha selectiva

Caminha dá mais um passo na modernização administrativa

Amares registou aumento  de 9,3% na recolha selectiva

Cávado

2020-06-01 às 09h00

Redacção Redacção

Foram 837 toneladas de resíduos recolhidos no concelho em 2019, mais 27 do que no ano transacto. Números que enchem de orgulho o Município que é um exemplo de boas-práticas ambientais.

No Município de Amares foram recolhidas 837 toneladas de resíduos recicláveis em 2019, mais 27 toneladas do que no ano anterior. Os números reflectem um aumento de 9,3% na recolha selectiva que significa uma poupança de cerca de 22.400 euros. Esta subida de valores foi recebida com muita satisfação por parte da autarquia amarense que continua empenhada em aumentar as taxas de reciclagem no concelho, contribuindo para o alcance do desenvolvimento sustentável, melhoria e valorização do ambiente.
“Vemos com muito agrado o aumento das taxas de reciclagem no concelho de Amares. Estes números revelam o mérito dos amarenses que têm demonstrado um comportamento cada vez mais atento às questões ambientais. Vamos continuar este caminho para atingir metas ainda mais ambiciosas”, referiu Manuel Moreira, presidente do Município de Amares.
O Município de Amares quer contribuir para que o concelho seja um exemplo de boas práticas no que diz respeito às questões relacionadas com a sustentabilidade ambiental e, por esse motivo, tem levado a cabo nos últimos anos uma política estratégica concertada com o intuito de sensibilizar a população amarense para a importância da sustentabilidade ambiental e preservação do ecossistema e direccionada para o aumento das taxas de reciclagem, a par de outros comportamentos mais amigos do ambiente.
Manuel Moreira destacou, ainda, algumas das medidas levadas a cabo pela autarquia. “Para além de um enorme investimento na cobertura do saneamento que vai dar resposta a mais cerca de 1400 agregados familiares, temos trabalhado na captação de outras verbas disponíveis nos quadros de financiamento europeus e nacionais, para concretizarmos acções que definimos como estratégicas em áreas que representam o futuro das regiões mais inteligentes, nomeadamente ao nível do ambiente”, diz o autarca, acrescentando que foi ainda criado um centro de educação ambiental, estando também para breve a inauguração de um ecocanil com caraterísticas inovadoras. “São tudo passos de um caminho que se vai fazendo”, concluiu.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho