Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Amares reconheceu António Variações com mérito municipal de ouro
Braga Media Arts desafia artistas do concelho

Amares reconheceu António Variações com mérito municipal de ouro

‘La Caixa’ apoia investigação do INL no combate à Parkinson e cancro

Amares reconheceu António Variações com mérito municipal de ouro

Cávado

2019-12-09 às 08h00

Teresa M. Costa Teresa M. Costa

Homenagem a António Variações com entrega de medalha de mérito municipal grau ouro à família do artista. Presidente da Câmara de Amares realçou que este “filho da terra deixou uma marca no concelho, no país e do mundo”.

‘Apesar de ter partido muito cedo, António Variações deixou uma marca no concelho, no país e no mundo’. As palavras são do presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, a propósito da entrega da medalha de mérito municipal, grau ouro, à família de António Variações.
A homenagem decorreu no Mosteiro de Santo André, em Rendufe, e incluiu um momento cultural com um recital de música de câmara protagonizado pelo ‘Re: Flexus Trio’, constituído pelas instrumentistas Ana Sofia Matos (clarinete), Maria Isabel Mendonça (piano) e Mariana Morais (Viola d’ arco).
O executivo municipal de Amares decidiu homenagear o ‘filho da terra’ no ano em que completaria 75 anos se fosse vivo. ‘Entendemos que a medalha de ouro de mérito municipal deve ser entregue a um símbolo de concelho’ realçou o edil amarense, apontando-o como ‘uma grande referência’ e ‘um ícone’ que projectou o concelho.
‘De grande tenacidade e vontade determinada, destacou-se em vida pela sua criatividade e pelo seu pensamento livre. Depois da sua morte, transformou-se num símbolo de liberdade, de criatividade e de determinação’ refere a proposta de atribuição da medalha aprovada pela Câmara.
Manuel Moreira encara o momento como ‘um agradecimento e reconhecimento do povo de Amares’.
A homenagem envolveu a Câmara Municipal de Amares em articulação com a Comissão Promotora da Homenagem a António Variações (2018-2020).
O autarca regozijou-se com a participação na homenagem, destacando a presença de vários familiares de António Variações.
Durante o espectáculo, no Mosteiro de Rendufe, esteve exposta a obra Camões Variações, em resina cristal, da autoria da artista plástica Rueffa.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho