Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Alunos do Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto visitaram o CACE Cultural do Porto
Design contribui para o sucesso das empresas

Alunos do Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto visitaram o CACE Cultural do Porto

Marcelo Rebelo de Sousa enaltece “reinvenção permanente” dos viticultores das regiões demarcadas dos Vinhos Verdes e Dão

Vale do Ave

2018-02-16 às 21h30

Redacção

O Centro de Apoio à Criação de Emprego Cultural do Porto recebeu ontem, 15 de fevereiro, 55 alunos que frequentam ensino secundário do Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto numa organização parceira com o CLDS 3G Geração Eco. Os jovens puderam assim conhecer de perto um ninho de empresas, numa ação direcionada ao empreendedorismo social que procura dar a conhecer aos jovens que estudam na área de Humanidades, a oferta profissional nessa área.

Uma visita que teve por objetivo elucidar os alunos para o empreendedorismo dando-lhes mais ferramentas para que possam ter um futuro mais atrativo. É fundamental que os jovens tenham acesso a vários mecanismos que sejam uma mais-valia no que respeita ao percurso profissional. Neste sentido, o Contrato Local de Desenvolvimento Social Geração Eco tem procurado atuar de forma exemplar, trabalhando com versatilidade no sentido de dar aos jovens a hipótese de novos conhecimentos para que, terminado o ciclo de estudos possam olhar para o mercado de trabalho com otimismo e cientes das suas capacidades. São oportunidades únicas que incentivam os jovens a não ter medo de ir ao encontro dos seus sonhos cientes das dificuldades e das responsabilidades do mercado de trabalho disse o Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva.

Os jovens puderam assim conhecer de perto um ninho de empresas, numa ação direcionada ao empreendedorismo social que procura dar a conhecer aos jovens que estudam na área de Humanidades, a oferta profissional nessa área.

Durante a visita, os 55 alunos puderam verificar uma, além de muitas outras, das empresas que surgiu da irreverência de 4 jovens empreendedores, a Lightbox, uma produtora audiovisual, que singrou e que é uma referência na área audiovisual no panorama nacional. No CACE, valência do IEFP, todas as empresas instaladas são de vertente cultural e artística, incluindo um espaço que permite a realização de vários eventos.

Os 55 alunos tiveram ainda a oportunidade de visitar a Faculdade de Letras, uma possível realidade terminado o secundário.

O CLDS 3G Geração Eco apresentou esta iniciativa inserida no eixo 1, emprego, formação e empreendedorismo.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.