Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Altice Forum Braga: “Estamos a dar um sinal de esperança”
Vizela testou profissionais da GNR

Altice Forum Braga: “Estamos a dar um sinal de esperança”

Famalicão vai manter abertos os serviços municipais essenciais nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro

Altice Forum Braga: “Estamos a dar um sinal de esperança”

Braga

2020-09-12 às 06h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Forum Braga assinalou ontem o 2.º aniversário com congresso sobre a retoma no turismo de negócios. Iniciativa foi “um sinal de esperança” no futuro e ficou marcada pela garantia de que “tudo está a ser feito para mitigar os riscos da situação actual”.

Na comemoração do 2.º aniversário do Altice Forum Braga, ficou a garantia, deixada pelo presidente da Câmara Municipal e da InvestBraga, “aos parceiros e aos que ali se dirigem para participar em eventos” que tudo será feito para mitigar os riscos com que nos confrontamos actualmente.
“Queremos, tão cedo quanto possível, voltar a ter a casa cheia, com a energia e a alegria que vivemos de forma tão intensa ao longo destes dois anos de Altice Forum Braga”, afirmou Ricardo Rio.
Na sessão de abertura do congresso sobre ‘Turismo de Negócios: a retoma’, Ricardo Rio não escondeu “a amargura” por perceber que ao longo dos últimos meses houve mais visitantes ao centro de rastreio à Covid-19 da Unilabs, instalado no parque de estacionamento do Forum Braga, do que visitas aos eventos que ali foram realizados.
“É uma realidade com que temos de lidar e que nos deixa amargurados a todos. Mas, não tem de continuar a ser assim”, sustentou o edil, para quem “é possível promover a retoma da actividade” daquele equipamento municipal, em colaboração com as entidades da área da saúde e também daquelas que estão ligadas ao Turismo.
“Não é por acaso que o primeiro grande congresso que tivemos aqui nos últimos meses foi o de profissionais de medicina interna, portanto profissionais da área da saúde que reconheceram a nossa capacidade para acomodar eventos desta dimensão na realidade que vivemos”, referiu.
Com a pandemia, o Altice Forum Braga perdeu 80% dos visitantes, com as perdas nas receitas directas, oriundas dos eventos que ali seriam realizados, a ascender a um milhão de euros.
Apesar de os últimos seis meses terem sido marcados pelas consequências devastadoras da pandemia, o certo é que o Altice Forum Braga tinha já marcado a história da cidade, ao assumir um “papel determinante” na estratégia de dinamização de toda a região, ao acolher diversos eventos e ao atrair parceiros nacionais e internacionais.
Hoje, o Forum Braga atingiu “um referencial de inovação e qualidade tendo em conta os padrões internacionais”, afirmou.
Rio recordou que o edifício, um legado dos anos 80, sofreu “uma intervenção transformadora que não se limitou a reabilitar fisicamente o espaço, mas que efectivamente promoveu a sua reinvenção”. Foi um investimento de 9,5 milhões de euros, que permitiu a Braga, por exemplo, passar a ter o maior auditório do Norte do país e ter uma grande nave “que passou a ser um dos espaços mais versáteis que existem a nível nacional”, estando “todo equipamento desenhado para poder corresponder a uma multiplicidade de eventos”.
Dois anos após a inauguração, o Forum Braga conta já com mais de 380 eventos realizados e com a visita de mais de 776 mil pessoas, distribuídas por congressos, espectáculos, concertos, festivais, eventos desportivos e corporativos. “Este é um espaço multifuncional com um potencial de aproveitamento enorme que tem sido valorizado pelos nossos parceiros e disso têm beneficiado os bracarenses”, disse Rio, evidenciando o retorno financeiro que o equipamento proporcionou à cidade e a toda a região. Exemplo disso foi a realização do Dance World Cup 2019, que trouxe a Braga cerca de 27 mil visitantes, oriundos de 60 países, gerando para a economia local um retorno directo superior a 12 milhões de euros.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho