Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Altas temperaturas “queimam” floresta
Darema Coffee: o universo do café num espaço único e descontraído

Altas temperaturas “queimam” floresta

Famalicão lidera exportações na fileira automóvel no Norte

Casos do Dia

2017-04-12 às 11h17

Redacção

As temperaturas subiram e de imediato se acendeu o rastilho dos incêndios florestais no Minho. Ontem, à semelhança do que aconteceu nos últimos dias, registaram-se várias ocorrências. Ao final da tarde, no distrito de Braga estavam activos nove incêndios, que eram combatidos no terreno por 99 bombeiros, apoiados por 30 viaturas e um meio aéreo.

As temperaturas subiram e de imediato se acendeu o rastilho dos incêndios florestais no Minho. Ontem, à semelhança do que aconteceu nos últimos dias, registaram-se várias ocorrências. Ao final da tarde, no distrito de Braga estavam activos nove incêndios, que eram combatidos no terreno por 99 bombeiros, apoiados por 30 viaturas e um meio aéreo.
O incêndio que mais meio mobilizava deflagrou às 15.44 horas, na freguesia de Lanhoso, concelho da Póvoa de Lanhoso, onde as chamas eram combatidas pelo meio aéreo e por 26 bombeiros apoiados por sete viaturas.

Destaque ainda para o incêndio em Gondifelos, Ccavalões e Outiz, no concelho de Vila Nova de Famalicão, cujo alerta foi dado às 13.12 horas e que, no final da tarde, ainda era combatido por 22 bombeiros com nove viaturas.
Em Barcelos, as chamas lavravam em Creixomil e Mariz, consumindo uma área de mato. Estavam envolvidos no combate ao fogo 12 bombeiros e cinco viaturas.

Destaque ainda para Terras de Bouro, onde deflagrou um incêndio florestal às 14.50 horas, na freguesia de Souto. Estava a ser combatido por 12 bombeiros e quatro viaturas.
As chamas também lavraram no concelho de Braga. Durante a manhã de ontem os Bombeiros Sapadores combateram um incêndio em Pedralva, que consumiu 1,6 hectares de floresta. O alerta foi dado às 7.30 horas e foi dado com extinto às 11.45 horas.

No alto Minho, registaram-se vários incêndios durante dia, mas ao final da tarde o site da Protecção Civil dava conta de duas ocorrências: um incêndio em Paderne, Melgaço, que lavrava desde as 16 horas e era combatido por cinco bombeiros e duas viaturas; e outro em Cerdal, Valença que deflagrou ás 17.16 horas e envolvia quatro bombeiros e uma viatura.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.