Correio do Minho

Braga, terça-feira

AIA transforma escola em centro para crianças e jovens autistas
‘Super Especial Cabeceiras’ arrebatou Cabeceirenses

AIA transforma escola em centro para crianças e jovens autistas

Montalegre já trabalha para época tranquila

Braga

2015-09-27 às 06h00

José Paulo Silva

A Associação para a Inclusão e Apoio ao Austista (AIA) inaugurou ontem, em Palmeira, um Centro de Actividades Ocupacionais (CAO) para apoio a portadores deste distúrbio neurológico. Investimento de 210 mil euros, o equipamento só começará a funcionar quando a Segurança Social aprovar um acordo de cooperação com aquela associação.

A Associação para a Inclusão e Apoio ao Austista (AIA) inaugurou ontem, em Palmeira, um Centro de Actividades Ocupacionais (CAO) para apoio a portadores deste distúrbio neurológico. Investimento de 210 mil euros, o equipamento só começará a funcionar quando a Segurança Social aprovar um acordo de cooperação com aquela associação.
Instalado no edifício da antiga escola primária do Assento, o CAO é, segundo a presidente da direcção da AIA, Ana Paula Leite, mais uma etapa do percurso iniciado há dez anos por um grupo de pais que tiveram “a utopia de preparar o futuro dos filhos” portadores de distúrbios do autismo.

Os dirigentes da AIA querem abrir as portas do CAO logo que tenham resposta da Segurança Social à proposta de acordo de cooperação, lembrando Ana Paula Leite, na cerimónia de inauguração, que “os pais decidiram fazer aquilo que era obrigação do Estado”.
As obras de reconversão da escola do Assento em CAO tiveram uma comparticipação de 70 mil euros da Segurança Social, tendo ontem o presidente da câmara de Braga, Ricardo Rio, anunciado que a autarquia vai atribuir um subsídio de 40 mil euros, numa decisão inédita de apoio financeiro directo a projectos de instituições de solidariedade social do concelho.

“É algo que queremos replicar no futuro com outros projectos que visem dotar o concelho de valências que respondam a desafios sociais que ainda estão por suprir, e na área da deficiência são evidentes as lacunas no nosso território“, justificou o edil.
A presidente da AIA destacou o apoio que a instituição tem recebido da Câmara Municipal de Braga, Segurança Social e empresas, sublinhando igualmente o papel dos pais de crianças e jovens autistas que vêm suportando os custos dos apoios técnicos proporcionados pela associação.

A AIA oferece actualmente respostas ao nível da intervenção precoce, terapia da fala, terapia ocupacional e psicologia a 45 crianças e jovens com distúrbio do autismo.
O CAO da AIA vem preencher uma lacuna num distrito onde, segundo Ana Paula Leite, “não existe nenhuma associação especificamente direccionada para a problemática do autismo e mesmo as associações vocacionadas para a multideficiência não dispõem de vagas”, explicando que a nova valência funcionará como “rectaguarda de apoio” aos pais.

O director do Centro Distrital de Braga da Segurança Social, Rui Barreira, referiu que “o distrito continua a não ter, a não ser a AIA, instituições especializadas na área do autismo”, as quais fazem necessidade das mesmas “como pão para a boca”.
Referindo-se ao atraso na criação de valências como aquela que a AIA decidiu avançar em Palmeira, o responsável da Segurança Social reconheceu que, no passado, “no meio de tanto investimento, houve uma planificação que não foi feita”.

Rui Barreira destacou também o “excepcional trabalho” que a AIA tem vindo a desenvolver, garantindo que os seus dirigentes “podem continuar a contar com o apoio da Segurança Social nas vossas acções”
Sinalizou o director da Segurança Social que agora “começa um caminho ainda maior que permitirá dar uma resposta mais preparada e melhorar a qualidade dos jovens autistas”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.