Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Agrupamento de Escolas de Celeirós abriu o ano lectivo com a atribuição de prémios de mérito, excelência e valor
Antena Minho e artistas juntam-se para tributo a Zeca Afonso

Agrupamento de Escolas de Celeirós abriu o ano lectivo com a atribuição de prémios de mérito, excelência e valor

Barcelos: Abandono escolar precoce no centro do debate

As Nossas Escolas

2017-09-13 às 06h00

Teresa M. Costa

O Agrupamento de Escolas de Celeirós abriu ontem o ano lectivo em grande com a atribuição de prémios de mérito, excelência e valor a mais de três dezenas de alunos. A sessão solene, que juntou alunos, pais, professores e pessoal não docente, além da vereadora da Educação do Município de Braga, Lídia Dias, e do presidente da União de Freguesias de Celeirós, Aveleda e Vimieiro, António Veiga, entre outros convidados, serviu também para traçar um retrato do Agrupamento e para dar a conhecer a toda a comunidade educativa os projectos para mais um ano lectivo.

O Agrupamento de Escolas de Celeirós abriu ontem o ano lectivo em grande com a atribuição de prémios de mérito, excelência e valor a mais de três dezenas de alunos.
A sessão solene, que juntou alunos, pais, professores e pessoal não docente, além da vereadora da Educação do Município de Braga, Lídia Dias, e do presidente da União de Freguesias de Celeirós, Aveleda e Vimieiro, António Veiga, entre outros convidados, serviu também para traçar um retrato do Agrupamento e para dar a conhecer a toda a comunidade educativa os projectos para mais um ano lectivo.

Para a directora do Agrupamento, Célia Simões, um novo ano lectivo é sempre “um desafio”, este, em particular, porque chegou a hora de traçar um novo projecto educativo e um novo regulamento interno para o próximo quadriénio.
Aproveitando a presença de toda a comunidade educativa, Célia Simões realçou que o projecto educativo “não pretende ser uma construção de gabinete”, mas antes o resultado da vontade da comunidade, pelo que desafiou todos a consultar e a dar sugestões.

A directora considera ter “boas condições físicas e materiais” nos sete estabelecimentos educativos que compõem o Agrupamento, mas acredita que o ano trará novidades “para melhorar ainda mais o parque escolar”.
Neste contexto, Célia Simões conta com a colaboração do município para avançar com intervenções no pavilhão desportivo, no pbx, a par de questões de segurança.
A directora não tem dúvidas: “com excelentes escolas, excelentes profissionais, temos condições para a promoção do sucesso educativo e para ter excelentes alunos”.

A vereadora da Educação reconhece que “o Agrupamento tem boas condições”, mas considera que “é preciso trabalhar por condições melhores” e anunciou a intervenção a realizar na EB1 de Figueiredo para retirar a cobertura em fibrocimento e melhorar as condições da escola.
O presidente do Conselho Geral do Agrupamento de Celeirós, Mário Sérgio Silva, sublinhou o a importância da sociedade ter “pessoas bem formadas e informadas”, aludindo ao papel da escola nesta matéria.
Mário Silva incentivou os alunos, lembrando que “todos somos bons nalguma coisa, depois é preciso trabalhar e sonhar”.

Uma esplanada inaugurada e um auditório para construir

A abertura do novo ano lectivo no Agrupamento de Escolas de Celeirós ficou ontem marcada pela inauguração, na escola-sede, da esplanada que pretende ser mais um espaço de convívio para os alunos.
A esplanada foi o projecto submetido ao Orçamento Participativo promovido o ano passado pelo Ministério da Educação. “É um projecto feito por vós, escolhido por vós e que está cá para usufruírem de momentos de lazer” afirmou ontem a directora do Agrupamento, Célia Simões, no momento da inauguração que precedeu a sessão solene de abertura do ano lectivo.

O Orçamento Participativo garantiu uma verba de 500 euros e o Agrupamento complementou com o necessário para instalar a esplanada.
Mas este não é o único projecto que o Agrupamento implementou graças aos orçamentos participativos. No caso do Orçamento Participativo Escolar, promovido pelo município de Braga, Celeirós avançou, na edição deste ano, com três projectos e teve um aprovado que será concretizado, durante o corrente ano lectivo.

Graças àquela projecto, a escola-sede do Agrupamento será dotada de um auditório, revelou Célia Simões.
A vereadora da Educação, Lídia Dias, também elogiou o Agrupamento de Celeirós como “um vencedor” em matéria de orçamento participativo, lembrando que “já conseguiu fazer a diferença e ter um conjunto de projectos”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.