Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
AEB desafia empresas a aproveitar o SIFIDE
Felicidade indescritível para Artur Jorge

AEB desafia empresas a aproveitar o SIFIDE

Uma queda na chegada à meta

AEB desafia empresas a aproveitar o SIFIDE

Economia

2023-03-22 às 06h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

AEB desafia associados a aproveitar o SIFIDE, um benefício fiscal para empresas que desenvolvam actividade de I&D. Associação promoveu ontem um webinar onde divulgou este instrumento e esclareceu as dúvidas dos associados.

Citação

O director-geral da Associação Empresarial de Braga desafiou ontem as empresas associadas a aproveitarem o SIFIDE, um benefício fiscal concedido às empresas que desenvolvam actividades de I&D, permitindo recuperar parte do investimento realizado e potenciando o seu esforço futuro nessa matéria.
Rui Marques considera que este instrumento estratégico pode beneficiar muitas empresas, sobretudo PME, que “não estão a aproveitar este instrumento como seria desejável”.
Precisamente para divulgar o SIFIDE - Sistema de Incentivos Fiscais à Investigação e Desenvolvimento Empresarial, a AEB, em parceria com a CH Business Consulting, realizou ontem um webinar. Nesta sessão online foi apresentado este instrumento aos associados da AEB e foram esclarecidas dúvidas sobre o processo de candidaturas que está a decorrer até 31 de Maio.
Na apresentação foram destacadas as vantagens do SIFIDE enquanto “importante factor de competitividade” para as empresas, em resultado directo da redução do pagamento de IRC proporcionada. Os participantes ficaram ainda esclarecidos sobre as principais dimensões críticas na condução e gestão das candidaturas ao SIFIDE.
Rui Marques desafiou os associados a recorreram à CH Business Consulting para obter apoio na apresentação das candidaturas ao SIFIDE, sendo que é “um apoio sem risco” uma vez que esta consultoria só é remunerada se a candidatura for bem sucedida. Braga surge no ‘top 3’ dos distritos com mais candidaturas submetidas até ao momento, numa lista liderada pelas áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto. Rui Marques acredita que Braga tem capacidade para subir ao segundo posto, incentivando assim as empresas a aproveitar este benefício. Como incentivo, lembrou a importância da inovação para a estratégia das empresas, que se consegue através do investimento em I&D.
O director-geral referiu que em 2021 foram apresentadas 3438 candidaturas, tendo sido declarados 1554 milhões de euros de despesas em I&D e solicitado um crédito fiscal a rondar os 674,6 milhões de euros. Notou ainda que em 2021 houve 511 empresas com 1241 doutorandos a realizar I&D, cerca de três vezes mais do que se verificava há sete anos. Apesar destes números, Rui Marques considera que é possível obter estatísticas mais positivas desde que o incentivo seja mais conhecido.
“Este incentivo tem tido alguma estabilidade legislativa, o que nem é muito comum, mas ainda assim não é conhecido de muitas empresas, mas é um instrumento estratégico que as empresas podem e devem aproveitar”, disse, realçando que têm sido sobretudo as grandes empresas a aproveitar o o SIFIDE.
Rui Marques destacou a elevada taxa de sucesso das candidaturas submetidas nesta fase, na ordem dos 83%, salvaguardando que a estatística pode melhorar uma vez que ainda decorre o período para a submissão. O director-geral deixou apenas um reparado: “seria desejável que o processo de avaliação das candidaturas fosse mais rápido”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho