Correio do Minho

Braga, sábado

- +
ACB indicou cinco regras de ouro para o sucesso das empresas
Caminho Português de Santiago em destaque na celebração do Ano Jacobeu

ACB indicou cinco regras de ouro para o sucesso das empresas

Verão no Campus é “aposta ganha”

ACB indicou cinco regras de ouro para o sucesso das empresas

Economia

2021-07-01 às 08h00

Miguel Viana Miguel Viana

Encontro ‘on line’ permitiu identificar também os cinco erros mais frequentes cometidos pelos gestores (CEO) empresariais. Palestra foi ministrada por Carlos Pais Correia, CEO da ‘Affinity’.

‘Os 5 Erros Clássicos do CEO e as 5 Regras de Ouro’ foi o tema do encontro digital (webinar) que a Associação Comercial de Braga (ACB) organizou ontem. O encontro teve como palestrante Carlos Pais Correia, co-fundador e CEO (gestor) da empresa de consultoria na área das tecnologias da informação, a ‘Affinity’.
As cinco regras de ouro de um CEO passam por um serviço ao cliente fantástico, pela rentabilidade e caixa, pelo crescimento e mudança contínua e por ser o guardião da cultura da empresa.
Sobre o serviço ao cliente, Carlos Pais Correia indicou que deve ser preocupação da empresa “proporcionar serviços e produtos cada vez melhores” e apostar no acompanhamento ao cliente.
Uma “gestão apertada e rigorosa” foi a sugestão deixada para que a empresa seja rentável e obtenha criação de valor.
O crescimento contínuo “deve ser definido de forma sensata “, disse Carlos Pais Correia, e permite “atrair mais pessoas capazes e novos clientes. As pessoas gostam de trabalhar em empresas em crescimento”.
O CEO da ‘Affinity’ defendeu ainda uma mudança contínua nas empresas, de forma a permitir novas estratégias. “O CEO deve insuflar a vontade de mudança”, indicou Carlos Pais Correia.
O gestor indicou também que os responsáveis das empresas devem garantir “que a cultura da empresa é a mesma ao longo dos anos. As estratégias mudam, mas a cultura da empresa não. Isso permite à empresa manter-se fiel aos princípios com que foi criada e atrai as pessoas”.
No mesmo encontro foram, também, apontados os cinco erros mais comuns cometidos pelos CEO’s das empresas. São eles: querer o consenso de todos, Ego do CEO descontrolado, manter o colaborador desalinhado, CEO operacional versus estratega - ou a arte da delegação e promover a mudança só quando a casa está a arder.
No primeiro erro (querer o consenso de todos), Carlos Pais Correia, lembrou que “todas as pessoas são diferentes e que não há duas pessoas iguais. Há pessoas com mais capacidades para tomar decisões do que outras”.
No que concerne ao ego descontrolado, o CEO da ‘Affinity’ referiu que 99 por cento dos gestores têm dificuldades em serem confrontados pelas equipas de trabalho e que não são capazes de ouvir outras pessoas. “O CEO não tem de ser perfeito e controlar tudo”, disse Carlos Pais Correia.
Afastar quem não se enquadra na política de acção da empresa é uma das decisões mais difíceis de tomar pelo CEO, considerou Carlos Pais Correia, aconselhando que “a melhor decisão é deixá-lo (ao colaborador), seguir um caminho diferente”
O CEO aconselhou ainda os gestores das empresas a terem o hábito de delegar tarefas e de evitar a concentração de decisões.
Por fim, a mudança, o futuro das empresas deve ser preparado com antecedência, de forma a preparar estratégias de evolução das mesmas.
O director-geral da ACB, Rui Marques, destacou que “há limitações (dos CEO’s) que prejudicam o desenvolvimento das empresas” e um “déficite de competências de gestão”.
Rui Marques explicou ainda que o encontro teve como finalidade “despertar os empresários para a necessidade de capacitação e ajudar a tornarem-se melhores gestores e a terem empresas mais competitivas.”

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho