Correio do Minho

Braga,

Abel Ferreira: “Somos o Braga e temos a obrigação de jogar para vencer”
Bracarenses desafiados a participar na reflorestação da Santa Marta das Cortiças

Abel Ferreira: “Somos o Braga e temos a obrigação de jogar para vencer”

Projeto do Município de Guimarães concorre ao Prémio de Boas Práticas de Participação

Desporto

2017-08-13 às 06h00

Miguel Machado

ABEL FERREIRA sem papas na lingua para a recepção ao Portimonense, afirma que os Guerreiros jogam em casa (18 horas) e têm que assumir a responsabilidade de vencer o duelo de hoje da 2.ª jornada da I Liga.

O SC Braga recebe hoje o Portimonense, em jogo da 2.ª jornada da I Liga. À procura da primeira vitória no campeonato, depois do desaire na Luz (3-1), na ronda inicial, os Guerreiros do Minho vão partir com tudo para cima dos algarvios, a partir das 18 horas, no Estádio Municipal, prometeu ontem Abel Ferreira, na antevisão do encontro.
“Sabemos que temos a pressão do nosso lado, pela nossa grandeza, por jogarmos em casa, e por termos o objectivo de andar quatro primeiros lugares. O Portimonense tem uma boa equipa, um treinador muito experiente que conhece bem o futebol português, mas teremos de ser fortes e assumir o jogo, porque somos o Braga e temos obrigação de jogar para vencer”, vincou o treinador arsenalista.
Com um discurso forte e sem papas na lingua, Abel Ferreira mostrou também ter a lição bem estudada para bater aquela que “era de longe a melhor equipa da II Liga no ano passado” e que entrou, esta época, com o pé direito na I Liga, com um triunfo sobre o Boavista (2-1).
“Temos de ser pacientes, mas ao mesmo tempo dinâmicos, intensos, agressivos e equilibrados. O Portimonense tem jogadores de qualidade que, na sua maioria, conhece bem o nosso futebol, mas estamos identificados com o adversário. Sabemos quais são os seus pontos fortes e estamos preparados para lutar pelos três pontos, que é o nosso único objectivo”, destacou o treinador do SC Braga, determinado em conseguir aquilo que não foi feito na estreia na Luz.
Esta recepção ao Portimonense antecede a viagem à Islândia, onde os Guerreiros jogam na próxima quinta-feira, para o play-off da Liga Europa. Questionado sobre uma possível gestão da equipa, devido a esse duelo europeu, Abel garantiu “foco total” neste jogo do campeonato.
“O mais importante é o jogo de amanhã (hoje). Vou escolher aqueles que estão mais preparados para o Portimonense. Temos de perceber como está a condição de cada jogador, física e anímica. Não tem nada que ver com questões de gestão”, explicou.
Nesta conferência de imprensa, Abel foi ainda desafiado a novo ‘rescaldo’ da estreia na Luz. Treinador do SC Braga disse “não ter gostado do resultado”, mas ficou “orgulhoso” da postura dos seus jogadores, que chegaram a criar mossa no Benfica.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.