Correio do Minho

Braga, quinta-feira

500 crianças assinalam Dia Mundial da Árvore com plantação de mais de 100 árvore no Parque da Cidade em Fafe
Festa do Caldo do Pote anima Sabariz

500 crianças assinalam Dia Mundial da Árvore com plantação de mais de 100 árvore no Parque da Cidade em Fafe

Mercearia da Joana serve tradição em estilo ‘gourmet-chic’

Vale do Ave

2018-03-22 às 15h15

Redacção

O Presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, participou na iniciativa e aproveitou a ocasião para revelar a sua satisfação por ver tantas crianças a participarem nesta plantação simbólica de árvores e, no fundo, a participarem também naquilo que é a preservação da Natureza.

Mais de 500 crianças de várias instituições de ensino do concelho assinalaram, ontem, em Fafe, o Dia Mundial da Árvore com a plantação de 100 árvores no Parque da Cidade, um espaço que tem sido alvo de um projecto de requalificação.

O Presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, participou na iniciativa e aproveitou a ocasião para revelar a sua satisfação por ver tantas crianças a participarem nesta plantação simbólica de árvores e, no fundo, a participarem também naquilo que é a preservação da Natureza.

Esta sensibilização e consciencialização dos mais pequenos para a importância da preservação e protecção da nossa floresta, nos gestos diários de cada um, é muito importante para que eles próprios tenham a noção de que as suas atitudes farão diferença no futuro.

Hoje tivemos mais de 500 crianças a plantar cerca de 100 carvalhos americanos, oferecidos pela empresa Horto Casimiro, o que nos deixa muito satisfeitos, sobretudo numa altura como esta, em que as pessoas estão mais sensibilizadas para a prevenção florestal.

Para além das escolas aqui presentes e das entidades que connosco colaboram nesta iniciativa, temos aqui também a presença de duas associações nacionais, a Bioliving e a Invasoras.pt, que trabalham estas temáticas e que, durante a manhã, fizeram várias acções de sensibilização e educação ambiental junto das crianças para que, no futuro, estas crianças se tornem adultos mais responsáveis e mais sensíveis para as questões da protecção ambiental., de acordo com Márcia Barros, Vereadora do Ambiente do Município.

À tarde, a Barragem da Queimadela foi o espaço escolhido para um Workshop sobre As Espécies Invasoras, promovido pelo Projecto Invasoras.pt e pela Bioliving.

Esta iniciativa teve a parceria da Cercifaf, da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fafe, do Horto Casimiro, da Associação Bioliving, do Projecto Cabeço Santo, a ACTEA e do Projecto Invasoras.pt.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.