Correio do Minho

Braga, terça-feira

Voz de Soares ecoa nos Claustros dos Jerónimos

Desprezar a Identidade, Comprometer o Futuro

Ideias

2017-01-11 às 06h00

Paulo Monteiro

“Nestes claustros velhos de quatro séculos juntam-se hoje o passado e o futuro de Portugal. Ao realizar aqui a cerimónia histórica da assinatura do Tratado de Adesão de Portugal às Comunidades Europeias, quisemos sublinhar que a fidelidade às nossas raízes e tra- dições constitui condição essencial para a construção do futuro.
Símbolo da cultura portuguesa e porque portuguesa europeia, marco de uma aventura que foi sonho e realidade e trouxe novos mundos ao Mundo, este monumento, património artístico universal, exprime bem o génio português e constitui uma referência insubstituível da sua história multissecular.” Mais de 31 anos depois, a voz de Mário Soares voltou a ecoar nos Claustros do Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa. Os quase dois primeiros parágrafos do seu discurso por ocasião da assinatura do Tratado de Adesão de Portugal à Comunidade Económica Europeia (12 de Junho de 1985) foram recordados e ouvidos no mesmo local. Como o próprio disse, nesse mesmo discurso, “o acto que acabam de assistir pode, sem exagero, considerar-se como um dos momentos mais significativos da história portuguesa contemporânea”. E foi. A ele devemos a entrada na UE. E um pouco daquilo que hoje somos.

P.S. Ontem ofereceram-me o livro ‘Soares: democracia’, de Maria João Avillez, com a dedicatória: “Bom dia... Obrigado Mário Soares” e assinado por Domingos da Costa Pereira, antigo funcionário da Biblioteca da Escola Sá de Miranda. Um gesto que me deixou sem palavras de um leitor assíduo do ‘Correio do Minho’. Obrigado.

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

25 Setembro 2018

Traição, dizem eles!

25 Setembro 2018

As receitas do IVA

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.