Correio do Minho

Braga, sábado

- +

Viver a história desde Bracara Augusta

Norte sobe no Ranking Regional de Inovação

Escreve quem sabe

2016-05-24 às 06h00

Margarida Pereira Margarida Pereira

Caro leitor,

Nos últimos tempos a Câmara Municipal de Braga tem vindo a receber um grande destaque no que ao seu centro histórico e às suas políticas diz respeito.
Se, por um lado, são inúmeras as nomeações para prémios onde se destacam as boas práticas, ou a vida bastante ativa da cidade, por outro lado existem também atitudes menos valorosas das quais esperaríamos mais e melhor.

Contudo, orgulhamo-nos de pertencer a uma cidade ímpar do nosso país e até do mundo, pois cidade como a nossa não existirá em parte alguma, com os seus defeitos, como todos temos, mas também com muitas qualidades. Hoje, vivemos numa cidade viva, com um forte poder participativo, onde não faltam motivos para não ficar parado.

Esta última semana, por exemplo comemorou-se o Dia Internacional dos Museus, um dia que não passa despercebido em qualquer núcleo museológico. Com entrada gratuita em alguns museus, pode-se considerar que o maior museu da cidade encontra-se disponível todos os dias para o visitar, o centro de histórico de Braga. Apesar de alguns infortúnios, o centro da cidade é ainda hoje um ponto de referência para muitos visitantes, que deixam a cidade com muita vontade de cá voltar, pois todos consideram a nossa cidade uma cidade bonita, uma cidade viva, cheia de cor e energia. Algo que já seria de esperar não fossemos nós uma cidade com mais de dois mil anos de história e, ainda assim, a mais jovem do país.

Prova de toda essa jovialidade são os dias que agora se avizinham. Amanhã começa uma das semanas mais vividas. Braga transforma-se e o seu centro destaca-se pelo vermelho e dourado que enchem as ruas. A partir de amanhã, somos convidados a recuar mais de dois mil anos na histórica e visitar a grande Bracara Augusta.

A Braga Romana, engana-se quem a denomina de feira, é muito mais do que um mercado da época romana. Hoje, a Braga Romana tem uma vertente pedagógica fundamental para que se sinta o verdadeiro espírito na cidade. Não só pelas participações das escolas, que trabalham afincadamente com os seus alunos a época em que nasceu a nossa cidade, mas também pela participação voluntária de, arriscaríamos dizer, milhares de cidadãos que se deixam envolver pelo espírito.

Atualmente, os cidadãos estão mobilizados para participar na Braga Romana, seja num cortejo, seja com uma tenda no mercado, participando nas visitas guiadas ou somente num passeio pela rua com familiares e amigos já começa a ser comum que todos se trajem a rigor, que todos cumpram as regras de participação, conferindo mais credibilidade ao evento.

Deste modo, podemos perceber que a Braga Romana tem muito do seu valor porque todos participamos e todos colaboramos, pois é um evento aberto a toda a comunidade com as mais diversas possibilidades de participação. Este ano, destacamos, em particular, o Primeiro Encontro de Associações de Defesa e Divulgação do Património, um encontro em que a JovemCoop se orgulha de estar presente.

O encontro ocorrerá na Fonte do Ídolo, no sábado dia 28, pelas 9h. A entrada é gratuita, porém as inscrições são obrigatórias e devem ser feitas para o email do gabinete de arqueologia da CMB. Sendo a JovemCoop uma associação que defende a conservação e preservação do património, não poderíamos deixar de participar e de o convidar a população, em geral, para se juntar a nós e reflectir sobre a preservação do património como um ato de cidadania ativa.
Cabe a cada um de nós cuidar, preservar e dar continuidade ao que nos foi deixado como legado da cidade. Assim, esperamos encontra-lo pela Braga Romana, com o traje da época. Nós lá estaremos, a representar a Domus Romana, no espaço pedagógico.

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

28 Novembro 2020

Ilusão verde

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho