Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Vamos mudar alguns hábitos?

Aprender a viver sustentavelmente com o Programa Eco Escolas

Escreve quem sabe

2011-06-21 às 06h00

Ana Ni Ribeiro

Hoje começa o Verão, e com a chegada dos dias quentes, os pensamentos voam facilmente para a praia, mas é aqui que começam os “dramas” mais comuns à maioria das mulheres… e dos homens! É nesta altura do ano que as atenções se viram novamente para o corpo. E o biquíni ou os calções de banho deixam ver facilmente os quilos em excesso. Com o calor chega também somos inundados com dietas rápidas que prometem resultados relâmpago e fáceis de alcançar. São prometidos verdadeiros milagres! Dietas loucas, chás, cremes, produtos naturais... Atenção: constituem vários perigos.

Os produtos, mesmo os ditos naturais, na sua quase totalidade não apresentam uma composição química adequada, não são sujeitos a ensaios clínicos, e não há padronização da sua composição. As promessas que estes produtos/dietas fazem não passam de publicidade enganosa. Quando nos sentimos enganados, aumenta a nossa ansiedade e frustração. Temos que ter consciência que não existem milagres, e que não se pode desejar emagrecer a qualquer preço.

O preço não pode ser a nossa saúde. Mentalize-se que aumenta de peso quando a energia que consome é superior à energia gasta. É preciso aprender a comer e a aumentar a actividade física. Alterar hábitos nem sempre é fácil, e por vezes demora um bocadinho... mas depois os resultados são duradoiros.
Foi a pensar em quer perder um pouco de peso e tonificar o corpo antes de pisar a areia que, nesta crónica, dou a conhecer algumas dicas desportivas e die-téticas fáceis de colocar em prática. Basta mudar alguns hábitos diários.

Mude de rotina: ir sempre às mesmas aulas permite manter a silhueta, não mudá-la. Por isso é preciso “surpreender” o corpo, variar os pesos, o número de repetições, o ritmo dos exercícios, os tempos de recuperação, as intensidades cardíacas. E também as actividades. Para com seguir um corpo equilibrado, o ideal é trabalhar todas as semanas a endurance (caminhadas rápidas ou corrida), músculos (máquinas e pesos) e flexibilidade (Pilates, ioga).

Coma sopa: aumenta a dose diária de legumes, e só lhe faz bem à linha.

Beba um copo de água antes das refeições: um hábito que provoca uma sensação de sacie-dade que nos faz comer menos.

Faça menos mais vezes: é melhor fazer sessões de 20 a 30 minutos, duas ou três vezes por semana, do que uma sessão única de hora e meia, ao fim de semana. Se fizer exercícios a um ritmo fisicamente suportável terá menos consequências corporais (respiração ofegante, suar em bica, dores musculares) e acelerará o metabolismo.

Lave os dentes logo após as refeições: elimina o gosto salgado ou doce que a comida nos deixa na boca e faz com que se tenha menos vontade de visitar o frigorífico ou a caixa dos bolos logo a seguir.

Se come fora de casa muitas vezes, opte pelo mais saudável: Se a sua rotina a obriga a comer em restaurantes, escolha uma salada ou uma sopa de legumes para entrada e, para prato principal, arroz, massa ou leguminosas. Para sobremesa, fruta fresca.

Muita água: Beba sempre dois litros de líquidos, no mínimo, por dia. Em forma de água, sumos naturais, sopas, infusões... Para além de hidratarem, saciam bastante.

Ligue o ipod para aguentar mais tempo: estudos realizados com pessoas motivadas para a prática desportiva, mostram que as sessões de exercício físico prolongam-se mais 15% no caso dos praticantes que ouvem música. A música é uma forma de marcar o ritmo, distrair e tirar a atenção do esforço e do cansaço.

Durma bem: tente deitar-se sempre o mais cedo possível, para ter mais força e resistência no dia seguinte e não ganhar peso. A leptina, a hormona da saciedade, é estimulada quando dormimos bem, enquanto a grelina, hormona da fome, se activa quando dormimos pouco.
Se necessitar de algum esclarecimento, poderá contactar-me através do contacto anapimentaribeiro@gmail.com

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

22 Janeiro 2019

Incertezas e futuro

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.