Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +

Unir, mobilizar, transformar

AXX Bracara Augusta

Unir, mobilizar, transformar

Ideias Políticas

2023-05-09 às 06h00

Gonçalo Silva Gonçalo Silva

Foi no passado fim de semana que se realizaram o 15.º Encontro Nacional do Ensino Secundário e a 17.ª Conferência Nacional do Ensino Superior da JCP que contaram com a participação de centenas de jovens comunistas bem como vastas camadas de estudantes não comunistas que, como é natural e intrisenco à juventude, não se conformam com o estado actual da educação e com os mais diversos problemas que afectam hoje a juventude.
O grande processo de discussão, baseado nos problemas enfrentados no Ensino Secundário e Superior, culminaram em valiosos contributos para a análise colectiva da JCP, alargando a sua compressão da realidade estudantil e abrindo portas a uma mobilização e transformação mais completa e eficaz da realidade.
Dificuldades visíveis na degradação do Parque Escolar no Ensino Básico e Secundário, com escolas onde chove nos pavilhões ou nas salas de aula, onde faz frio ou demasiado calor, onde há insuficiência de funcionários e o consequente encerramento de bares, reprografias ou bibliotecas, onde faltam professores e leva a que milhares de estudantes estejam ainda sem aulas a alguma disciplina.
Dificuldades no acesso ao Ensino Superior, que exclui dezenas de milhar de estudantes que concluem com êxito o Ensino Secundário, para não falar dos muitos que são logo empurrados para o negócio do Ensino Superior privado. Sem falar no subfinanciamento que se vem agravando há décadas e ao qual os sucessivos governos negam respostas estruturais.
E a situação que enfrentamos na Educação só não é pior porque o PCP não desiste da denúncia e devido à resistência, movimentação e luta dos professores, dos trabalhadores não docentes, mas particularmente dos estudantes, com os quais a JCP estará sempre de braço dado.
Reuniões e iniciativas onde também a situação que enfrentamos na Educação só não é pior porque o nosso Partido não desiste da denúncia e devido à resistência, movimentação e luta dos professores, dos trabalhadores não docentes, mas particularmente dos estudantes.
É com a importância que a JCP dá à discussão teórica na realidade que se torna possível, em todas as suas esferas, alterar essa mesma realidade e construir um futuro cujas condições materiais estejam ao favor da juventude e do seu lazer e desenvolvimento pleno. Dizemos não aos horários sobrecarregados que nos impedem de viver a nossa vida pessoal; dizemos não à propina que deixa para traz muitos de nós; dizemos não à falta de alojamento que dificulta a emancipação juvenil.
O que os jovens aspiram é a um mundo de paz, de igualdade e livre das discriminações que a política que subordina tudo ao lucro induz, e é isso a que o poder tem de responder.

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias Políticas

21 Maio 2024

Os liberais na Europa

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho