Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Uma nova conjugação... digital

Sinais de pontuação

Ideias

2017-08-18 às 06h00

Paulo Monteiro

“Eu facebooko
Tu instagramas
Ele tweeta
Nós googlamos
Vós linkedinais
Eles WhatsAppam
...

Tanta comunicação possível e imaginária, conjugada com tão poucos abraços, tão escassos encontros das pessoas, à mesa do café, na rua, nos jardins, que não seja estar permanentemente a olhar para o tirano telemóvel ou para o ditador smartphone?!!!
É o nosso tempo - dizem - de realidade virtual!...”

O texto foi ‘furtado’ ao Artur Coimbra, nosso colaborador de longa data e escrito há alguns dias na sua página do facebook.
E só tenho de tirar o chapéu. Realmente passamos a viver cada vez mais num mundo virtual. Um mundo sem o contacto físico. Um mundo em que com um simples gesto já damos os parabéns aos nossos amigos quando anteriormente ou telefonávamos ou íamos ao encontro deles.

Um mundo que nos facilita mas que nos tira o contacto humano. O contacto e um copo ao final do dia para por a conversa em dia. Um ritual que muitos estrangeiros têm, principalmente os galegos e os ingleses e que a nós nos fazia bem falta. E mesmo em casa, quantos de nós reparou que existe um silêncio enorme porque cada um está com o seu telemóvel, o seu ipad ou o seu computador.

Aliás, surgiu há uns tempos uma caricatura de uma família que ia visitar a avó porque fazia anos e porque estava sempre sozinha. Mas a imagem que nos aparece é de uma sala cheia de gente, em silêncio, com todos agarrados ao telemóvel e a avó a fazer crochet... aquilo que faz todos os dias para passar o tempo. Temos de mudar.
Há ideias para isso?

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.