Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Um teste à aprendizagem do Inglês

O mito do roubo de trabalho

Voz às Escolas

2014-02-24 às 06h00

Hortense Lopes dos Santos

O presente ano letivo apresenta uma novidade relativamente à disciplina de Inglês, considerada essencial no percurso formativo dos alunos - o Despacho nº11838-A/2013, de 11 de setembro.
A valorização acrescida da disciplina de Inglês passa pela realização de uma prova de avaliação a aplicar aos alunos do 9.º ano e a possibilidade da sua certificação, de acordo com os níveis definidos pelo Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (QECR). Esta prova de avaliação, também considerada teste diagnóstico, integra a compreensão da leitura, expressão escrita, compreensão do oral e a produção oral.

Apesar de ser obrigatória para os alunos a frequentar o 9.º ano e a inscrição feita pela escola, a prova também pode ser realizada por todos os que frequentam a escola do 6.º ao 12.º ano, desde que tenham entre 11 e 17 anos de idade, reportados a 15 de setembro de 2013, segundo o estipulado no Regulamento - Despacho n.º 2929-A/2014, de 20 de fevereiro. Salientamos que, neste caso, a inscrição é feita na plataforma eletrónica específica acessível através do sítio www.keysforschools.iave.pt, pelos pais ou encarregados de educação, mas o prazo está a terminar (24 de fevereiro).

Acrescenta-se que para obter o certificado é necessário o pagamento de uma taxa de vinte e cinco euros, cuja liquidação é feita por pagamento automático através de multibanco. Os alunos do 9º ano abrangidos pela Ação Social Escolar têm desconto, conforme o escalão em que estão inseridos.

A realização do teste enquadra-se nas disposições aprovadas pelo Instituto de Avaliação Educativa (IAVE, I.P), obedecendo às normas estabelecidas pelo Cambridge English Language Assessement, o que permite a obtenção do Certificado Internacional. Este Certificado é aceite por milhares de instituições educacionais e empresariais em todo o mundo.

Pelas informações que dispomos, o teste está concebido para motivar os jovens em idade escolar, demonstrando que dominam o fundamental da língua inglesa. Os alunos serão capazes de compreender e utilizar frases e expressões elementares, apresentar-se e responder a perguntas simples sobre diversos assuntos e redigir textos curtos e simples.

A diferença entre este teste e os outros que já se realizam nas escolas passa pelo fato de ser reconhecido internacionalmente, com vantagem efetiva nas candidaturas a instituições internacionais quer se trate de universidades ou empresas, provando a proficiência linguística.

Este ano letivo, o teste diagnóstico realiza-se no dia 30 de abril, para a componente escrita, e a componente de produção oral entre os dias 24 de março e 16 de maio. No caso dos alunos de outros anos de escolaridade e que optem por realizar o teste, a componente de produção oral pode ser realizada até 30 de junho.
A todos os alunos do Agrupamento de Escolas Carlos Amarante que se apresentam a realizar o teste desejo bom estudo e boa sorte.

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.