Correio do Minho

Braga, quinta-feira

‘Tu decides’ e o AE Maximinos move-se pela cidadania

O Natal e a Luz da Paz de Belém

Voz às Escolas

2018-11-21 às 06h00

Joaquim da Silva Gomes

AEstratégia Nacional de Educação para a Cidadania, definida pelo atual Governo, constitui um desafio pedagógico para as nossas escolas e para a nossa sociedade.
Em consonância com o Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória e com as Aprendizagens Essenciais, a Educação para a Cidadania visa, segundo a DGE, “contribuir para a formação de pessoas responsáveis, autónomas, solidárias, que conhecem e exercem os seus direitos e deveres em diálogo e no respeito pelos outros, com espírito democrático, pluralista, crítico e criativo, tendo como referência os valores dos direitos humanos”.
Os princípios e os valores preconizados pelo Agrupamento de Escolas de Maximinos enquadram-se nesta estratégia de cidadania, pois apontam para a formação dos seus alunos, numa componente democrática, cívica e ativa.
É nesta linha de atuação que o Agrupamento tem envolvido a comunidade escolar em iniciativas que complementam a formação integral dos seus alunos e preparam-nos para uma cidadania mais ativa e participativa, no meio em que vivem. Sendo o Orçamento Participativo “Tu Decides”, promovido pelo Município de Braga, numa iniciativa que visa a “promoção e concretização da democracia participativa, junto dos mais jovens”, o nosso Agrupamento encontrou aqui mais uma oportunidade para demonstrar que defende plenamente os valores de uma escola e de uma sociedade verdadeiramente cidadãs.
Neste contexto, a aluna do ensino artístico da Dança, Carolina Gomes, do 10º1, em articulação com a Associação de Estudantes, e incentivada pelos seus professores, especialmente pela professora Cristina Gandra, apresentou um projeto que pretende promover a participação dos jovens deste agrupamento e de toda a comunidade educativa, num projeto de valorização do desporto, da saúde e do bem-estar.
O projeto "MOVE-TE", apresentado pela discente, pretende combater a taxa de obesidade nos jovens, apresentando alternativas saudáveis para a ocupação dos tempos livres na escola. É um projeto justificado pois, segundo a proponente, pretende “melhorar os espaços dos alunos com equipamentos desportivos que combatam a obesidade, a dependência digital, promovam a convivência saudável e tornem os espaços mais confortáveis. Por outro lado, pretendemos experienciar novas técnicas de vida saudável através de aulas de yoga para jovens e meditação”.
Numa altura em que os jovens estão muito concentrados em si, fruto do uso excessivo das redes sociais, através dos telemóveis, este projeto aposta não só na colocação de equipamentos de fitness nas escolas EB2,3 Frei Caetano Brandão e Escola Secundária de Maximinos, como também na melhoria da oferta de equipamentos de lazer, como ténis de mesa, matraquilhos e jogos tradicionais, nomeadamente cordas de saltar, jogo do elástico, sofás, plantas decorativas e cortinas.
Com um orçamento de 17 000€, este projeto foi o terceiro mais votado, tendo obtido 270 votos.
Este prémio enquadra-se nos valores preconizados por este Agrupamento, pois as valências que daí advém, permitirão uma maior ligação dos alunos à Escola abrindo ainda mais as portas a toda a comunidade, também aos encarregados de educação.
Quando “Tu Decides” de forma democrática, como foi o caso do projeto apresentado, o Agrupamento de Escolas de Maximinos não hesita e orienta a educação dos seus alunos para a verdadeira cidadania!

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.