Correio do Minho

Braga, sexta-feira

Tolerância de ponto... no dia 12?

As Bibliotecas e a cooperação em rede

Ideias

2017-05-08 às 06h00

Paulo Monteiro

Começo por dizer que sou contra a tolerância de ponto que o Governo decidiu conceder nos serviços públicos a 12 de Maio, no dia em que o papa Francisco chega a Portugal para o centenário das ‘Aparições’ de Fátima. Sou contra porque não faz sentido nenhum, em primeiro lugar por ser dia 12. Há muita gente que trabalha do dia 13, por exemplo. Não concordo porque, mais uma vez, se cava mais um fosso entre o privado e o público (a minoria ‘folga’ e a maioria trabalha). Não concordo porque... ou somos um país laico, ou não somos (apesar de mais de 90% ser católico). Não concordo por dizerem que é tradição porque o mesmo aconteceu com as visitas dos papas Paulo VI (1967), João Paulo II (1982, 1991 e 2000) e Bento XVI (2010)... mas todas as visitas tiveram contextos e dias diferentes...

E depois, há mais... quem estava e queria ir a Fátima nestes dias já há muito que planeou essa visita ou essa viagem. Por isso, mais uma vez não faz sentido.
Já li montanhas de argumentos e muitos pedidos para outros dias e outros acontecimentos terem direito a tolerância de ponto. Enfim... todos evocando as suas razões e com as suas legitimidades.
Por isso achei mais do que sensata a decisão de autarquias como Braga, Ponte de Lima e Montalegre, não darem tolerância de ponto.

E termino com o Bartoon, de Luís Afonso, no ‘Público’, do passado dia 30 de Abril... que vem a propósito e está genial:
“o primeiro-ministro diz que seria uma grande insensibilidade...
... não dar tolerância de ponto na visita do Papa.
- É verdade. A tolerância de ponto é uma ajuda para todos os peregrinos.
Para os que vão peregrinar a Fátima, para os que vão peregrinar ao Algarve...”.

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

14 Dezembro 2018

Amarelos há muitos...

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.