Correio do Minho

Braga, quarta-feira

SIRESP e Tancos

Um ciclo que se abre

Ideias

2017-07-19 às 06h00

Paulo Monteiro

SIRESP e Tancos continuam na ordem do dia...
Em relação ao primeiro caso, já aqui escrevi muito e a minha opinião é que contratos destes já com anos e anos e sempre com problemas já deviam ter sido anulados ou refeitos há muito tempo, tanto mais que o Estado gasta todos os anos cerca de 50 milhões de euros com este sistema que, no domingo, voltou a ter falhas. Mais uma vez numa situação dramática, volta a falhar quando não devia. Depois, ouvimos entre domingo e segunda-feira várias versões. E se alguns responsáveis falaram em falhas (no domingo), outros vieram (no dia seguinte) dizer que não falhou nada. Uma total incongruência...

O próprio primeiro-ministro António Costa confirmou as falhas na rede de comunicações de emergência, que no domingo voltou a registar problemas durante o incêndio de Alijó e garantiu que serão corrigidas e rejeitou que só agora tenham sido descobertos problemas. E voltou a criticar “o sistema de comunicações de uma determinada companhia, que não vou dizer o nome para não me criticarem”...
O certo é que se gastam milhões e um sistema que devia ser infalível... não é.

Outro assunto na ordem do dia é o de Tancos... A 29 de Junho o Exército divulgou que tinha sido furtado material de guerra dos Paióis Nacionais de Tancos. Granadas de mão, granadas foguete anti-carro, de gás lacrimogéneo e explosivos estavam entre o material de guerra furtado. No dia 1 de Julho, cinco comandantes foram exonerados pelo Chefe do Estado Maior do Exército. No dia 11, foi divulgado que o material furtado afinal estava obsoleto e destinava-se a abate... Segunda-feira, o CEME volta a nomear para os mesmos cargos os cinco comandantes que tinham sido exonerados...
Afinal não se passou nada? Não há culpados? Tudo continua na mesma? É tudo tão estranho... não acham?

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.