Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +

Reciclar o Natal!

Braga, Capital Europeia do Voluntariado, porque não?

Reciclar o Natal!

Ideias

2020-12-23 às 06h00

Pedro Machado Pedro Machado

Este é um tema recorrente nas minhas crónicas. Ao longo de todos estes anos, infelizmente, continua a ser necessário alertar e sensibilizar para a questão dos resíduos, durante o período natalício.
As pessoas já estão conscientes da importância da reciclagem e bem, no entanto, continuamos a assistir, ano após ano, a comportamentos pouco cívicos, relativamente aos resíduos, que se agudizam na época festiva.
Como sempre, a Braval irá reforçar a recolha dos ecopontos, principalmente, esvaziando os ecopontos das zonas mais populosas, no dia 24 para que os ecopontos estejam livres para receber resíduos nos dias seguintes ao Natal e recolhendo no dia 26, sábado.
É habitual, entre o Natal e o Ano Novo, recolhermos cerca de 500 toneladas de resíduos recicláveis! São 3% do total anual, em pouco mais de uma semana!
Esta recolha extraordinária será repetida, durante as festas de Ano Novo. No entanto, se há um maior consumo, mais compras, é natural que haja mais resíduos e, por isso, a recolha não consegue corresponder de imediato a este aumento de resíduos, pois as viaturas e os equipamentos de recolha, são os mesmos. Apesar de estar a ser feito um esforço adicional, ainda não foi possível regularizar a recolha em todos os locais.
Continuamos a depararmo-nos com situações de ecopontos cheios de resíduos colocados fora dos contentores, estando os mesmos vazios. Ainda que louvando a preocupação ambiental dos cidadãos, tenho de apelar ao civismo, pois esta situação acarreta alguns problemas de higiene pública, os resíduos abandonados na via pública, ainda que estejam junto aos ecopontos, provocam poluição visual, em caso de vento, poderão ser espalhados pelas ruas, para além de, em caso de chuva, destruir o papel e cartão, impossibilitando a sua reciclagem. Esta situação faz com que a população classifique o nosso serviço como medíocre, quando a Braval nada pode fazer quanto aos resíduos fora dos contentores. As pessoas têm de espalmar e rasgar as caixas de cartão grandes, para que possam caber no interior do ecoponto.
Para além dos problemas já referidos, quando há resíduos recicláveis fora do ecoponto, como os mesmos são recolhidos com recurso a grua e sendo as viaturas altas, os colaboradores terão que, após a recolha, colocar os resíduos que estão fora, dentro do ecoponto, para que possam ser colocados dentro do camião, fazendo com que a recolha de um ecoponto demore o dobro do tempo e atrasando a recolha dos restantes ecopontos.
Estes comportamentos são sinal de pessoas individualistas que não pensam no bem comum, mas apenas na sua comodidade, desrespeitando os próprios vizinhos e os restantes cidadãos.
Até ao dia da festa, durante algum tempo, também se vão acumulando produtos alimentares e prendas até que sejam consumidos ou entregues. Assim, apelo a que repensem, mais uma vez, os comportamentos: ao arrumar os resíduos da festa, separem logo os recicláveis, confirmando sempre se não poderão ser reutilizados, tais como papel de embrulho, laços, frascos, caixas, entre outros. Se todos os resíduos recicláveis forem separados totalmente verifica-se que os resíduos indiferenciados, que poderão causar algum mau-cheiro, são mais escassos.
Apelamos assim a que as pessoas sejam sensíveis quer em relação aos resíduos recicláveis, quer em relação aos resíduos indiferenciados, ou seja, a seguir às festas, se os ecopontos ou contentores estiverem cheios, dirijam-se ao mais próximo ou aguardem a sua recolha.
Para além destes cuidados, iremos repetir a campanha de Natal em que poderá receber mais uma “prenda” em troca das embalagens e papéis de embrulho. Se levar à Braval os seus resíduos, receberá um kit ecoponto, constituído por um saco-ecoponto, uma agenda para 2021, uma fita-porta-chaves, um lápis e material informativo. Poderá entregar os seus resíduos, a qualquer hora, de 26 de dezembro a 6 de janeiro, a qualquer dia e hora. A oferta é limitada a um kit por pessoa.
Ao guardar os seus resíduos e levá-los à Braval, para além de serem encaminhados para reciclagem, irá diminuir as quantidades de resíduos colocados na rua durante a época festiva.
As ruas da cidade também são a sua casa, procure mantê-las limpas nesta época natalícia, oferecendo, assim, um presente ao Ambiente. E lembre-se de repetir estes gestos nas festas de Fim de Ano.
Ajude-nos, ajudando-se!

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

11 Maio 2021

A Pobreza e o PRR

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho