Correio do Minho

Braga, sábado

- +

Quando colorir pode ajudar

Como vai ser a proteção do consumidor europeu nos próximos anos

Quando colorir pode ajudar

Ideias

2020-10-13 às 06h00

Margarida Pereira Margarida Pereira

Se pensarmos no ano corrente, há uma frase que ficará na memória de todos: "Vai ficar tudo bem!”. Estas devem ter sido as palavras mais sentidas nos últimos meses. Porquê? Talvez porque atravessamos tempos menos bons, mas a crença na Humanidade dá-nos força.
Contudo, o mundo à nossa volta continua a existir tal como antes, com todos os outros desafios, só que agora temos mais um para ultrapassar. Aludindo ao famoso arco-íris que coloriu os nossos dias, hoje vimos falar de duas das suas cores: o amarelo e o cor-de-rosa.

Em 2020, conhecemos uma iniciativa que ocorre no mês de Setembro e que merece ser partilhada com todos. O Setembro Dourado é uma Campanha Internacional desenvolvida, em Portugal, pela Associação Acreditar. O objetivo desta campanha é partilhar com todas as pessoas os desafios da oncologia pediátrica. A Acreditar dá um grande apoio a todas as famílias que enfrentam o cancro infantil e, por esse motivo, os nossos amigos do Grupo Coral de Guadalupe decidiram partilhar a iniciativa do Setembro Dourado, ensinando-nos a todos o poder de uma comunidade.
O Grupo Coral de Guadalupe coloriu os seus dias de amarelo e desafiou todos os seus amigos a comprarem os laços amarelos que fabricaram, doando todo o valor à associação Acreditar. Não podemos deixar de nos orgulhar de tamanho gesto, pois, assim, percebemos que através de um pequeno desafio familiar podemos mudar realmente o mundo de alguém.

Também associado ao Setembro Dourado, soubemos do desafio "Pelos Sonhos do Tomás”. Se ainda não ouviu falar do Tomás, temos a certeza de que irá ouvir. O Tomás é um menino de 7 anos que precisa da ajuda de todos para conseguir concretizar todos os sonhos que uma criança pode ter. Contudo, para os alcançar, o Tomás precisa, primeiro, de ultrapassar o seu problema de saúde, tendo necessidade de proceder a tratamentos em Barcelona e nos Estados Unidos, mas, para que tal seja possível, todos temos de ajudar a Família Tomás a angariar o montante financeiro necessário, que é extremamente elevado. Vamos dar o nosso contributo e ajudar nesta causa que é de todos aqueles que durante estes tempos disseram “Vai ficar tudo bem!”. Para ajudar basta uma pequena pesquisa nas redes sociais que encontrará a página “Pelos Sonhos do Tomás”.

Se Setembro foi dourado, então Outubro é Rosa, sendo o mês da sensibilização para a prevenção do cancro da mama. Este costuma ser um mês repleto de atividades abrangentes a todo o público, no entanto, com todos os desafios vividos este ano, o programa será notoriamente mais reduzido.
A Liga Portuguesa Contra o Cancro, tal como muitas outras associações solidárias, tem vivido tempos difíceis, pois todas as atividades e campanhas, que contribuem para os fundos da associação, foram canceladas. Este ano não tivemos caminhadas solidárias, não existiram concertos, jantares, palestras, entre muitas outras iniciativas. Sem eventos, não há a angariação de receitas que possam ajudar os doentes oncológicos.

De forma a combater esta falta de apoios, a Delegação de Braga da Liga Portuguesa Contra o Cancro - Unidade de Psico-Oncologia está a vender o livro “Da Nossa Varanda, Varanda de Todos”, cuja totalidade do valor reverte para a Liga. Para adquirir o livro apenas necessita entrar em contacto com a associação ou com alguma das suas voluntárias.
Num ano de tantas cores é urgente sermos solidários e associarmo-nos a causas como estas. A Liga Portuguesa Contra o Cancro fez, através das suas redes sociais, um pedido para ter voluntários, de forma a conseguir realizar o peditório anual (muitos dos seus voluntários são pessoas de risco que, neste momento, têm de se resguardar). Por isso, se tem algum tempo disponível, ou se, de alguma forma, sente que pode ajudar, abrace uma destas causas e dê o seu contributo.

Só assim poderemos combater a falta de apoio que o associativismo social tem sentido. Hoje, desafiamos os nossos leitores a vestirem o arco-íris que pintaram nas suas janelas e a fazerem, realmente, com que “Fique tudo bem” para todos!
Escolha a sua cor, abrace uma causa e veja como é possível mudar o mundo de alguém.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho