Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +

Preguiça... muita preguiça

Regiões, Áreas Metropolitanas e CIM no Relatório da Comissão

Preguiça... muita preguiça

Ideias

2019-11-07 às 06h00

Paulo Monteiro Paulo Monteiro

Hoje é o Dia Internacional da Preguiça. Da verdadeira preguiça. Daquela que não apetece fazer nada. E mesmo não fazer nada... cansa. Este dia, segundo o Calendarr Portugal, tem o intuito de lembrar que o descanso é importante para o bem-estar da pessoa, sendo por vezes melhor descansar e não fazer mesmo nada, do que insistir em fazer algo. Apesar de todas as segundas-feiras parecerem o dia da preguiça, a verdade é que existe um dia especial para esta capacidade de ser incapaz. Aproveite o dia para explorar a arte de não fazer nada, o “dolce far niente”.

Segundo o Calendarr o segredo do dia da preguiça é pensar que ao não fazer nada, a pessoa está a fazer algo. Uma sugestão de actividade para este dia, onde poupar energias é uma obrigação, é deitar-se na relva suave e admirar o andar das nuvens com um sorriso no rosto. Caso chova, como é o previsto para hoje, pode-se deitar dentro de casa, num bom colchão ou sofá. O trabalho e as obrigações ficam para os outros dias do ano. Hoje é o dia da preguiça. Da verdadeira preguiça. E não da outra preguiça, o animal que também tem um dia internacional mas que já se comemorou no passado dia 21 de Outubro.

A preguiça é um animal de características muito especiais, cuja fama deriva do facto de fazer as coisas com lentidão. Apesar de se alimentar de folhas, a preguiça demora um mês a digerir uma refeição... O seu verdadeiro nome é Folivora. Pois... mas hoje a preguiça é por nossa conta. Será? Quem sabe. Para já a preguiça levou-me a recordar o bom dia de há dois anos mas também me recordou que o tenho de escrever todos os dias e, assim, o termino, já sem preguiça, porque está feito!

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.