Correio do Minho

Braga, sábado

- +

Precisa-se voluntário (parte 2)

Norte sobe no Ranking Regional de Inovação

Escreve quem sabe

2017-12-12 às 06h00

Margarida Pereira Margarida Pereira

Precisa-se jovem responsável, com espírito de equipa, criativo, com espírito de iniciativa, comunicativo e com vontade de aprender.

Caro leitor,
Mediante o cenário pouco apelativo do emprego a nível nacional, perguntamos-lhe: Conhece alguém cujas características se encaixem neste perfil? Grande parte das pessoas, que podem concorrer a este anúncio de emprego, trazem, no seu currículo, muito mais do que a experiência profissional ou a área de estudos, trazem experiências únicas de um trabalho em prol da comunidade, ou seja, voluntariado.

No passado dia cinco de dezembro, Dia Internacional do Voluntário, fomos convidados pela Escola Secundária Carlos Amarante e pela Junta de Freguesia de S. Victor a refletir sobre as competências que o voluntariado nos traz através da educação não formal. O simples facto de pertencermos a uma associação ensina-nos a viver em comunidade, numa sociedade cada vez mais individualista. Esta convivência faz-nos saber viver em espírito de equipa, de um modo responsável, reforçando ainda a característica comunicacional que nos é inata. A vontade de aprender, a par do espírito de iniciativa, caracteriza qualquer voluntário, pois são estes que, muitas vezes, despoletam o início da vida associativa. Podemos, então, concluir, que pertencer a uma associação traduz-se em receber muito mais do que aquilo que se dá. Neste sentido, não deveriam existir muito mais voluntários neste país?

A JovemCoop está sempre de portas abertas para receber gente nova, com novas ideias e projetos, por isso, porque não aproveitar o final do ano para lançar os objetivos do ano que vem, e nele incluir um projeto de voluntariado?

Enquanto reflete a que causa se pode juntar, desafiámo-lo a colaborar connosco em duas missões solidárias, que já nos são muito familiares: a missão “Põe Azeite” e a missão “Sobre a Manjedoura”. O objetivo de ambas as missões é aquecer o coração das famílias carenciadas. A missão “Põe Azeite” irá temperar o Natal de quem mais precisa, colmatando o cabaz de natal distribuído pela Comissão Social de S. Victor, onde este bem é, por vezes, escasso. A missão “Sobre a Manjedoura” recolhe todo o tipo de produtos necessários a um bebé, como produtos de higiene, alimentares, roupa e mantas, proporcionando o conforto necessário nos primeiros tempos de vida. Poderá deixar o seu contributo na Junta de Freguesia de S. Victor, todos os dias úteis ou na Capela da Nossa Senhora de Guadalupe, aberta ao domingo, das 11h às 12h30.

Ambas as missões são lideradas pelo Grupo Coral de Guadalupe, mas quem é voluntário raramente consegue ficar só por uma causa, por isso, sentimos uma necessidade imperativa de nos aliarmos a estas missões pelo nono ano consecutivo. Também pode contribuir participando na caminhada pelas Torres Sineiras, organizada pela JovemCoop em parceria com a Braga+, no próximo dia 16 de dezembro, onde a inscrição será uma garrafa de azeite.

Como pode ver, amigo leitor, não faltam argumentos para se juntar a uma associação, seja em que área for, e dedicar uma pequena parte do seu tempo a uma causa maior. Apelando à ponderação sobre o assunto, nesta época natalícia não faltam formas de ajudar a que todas as famílias tenham um natal mais digno. Desejamos-lhe um Santo e Feliz Natal e um Ano Novo repleto de voluntariado. Encontramo-nos em 2018.

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

28 Novembro 2020

Ilusão verde

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho