Correio do Minho

Braga, terça-feira

Portugal: ‘bullying’ é caso preocupante...

Dar banho às virgens

Ideias

2017-11-10 às 06h00

Paulo Monteiro

A UNICEF divulgou, no início deste mês, um estudo sobre ‘Um Rosto Familiar; a violência nas vidas de crianças e adolescentes” e que revela que Portugal é o 15.º país com mais relatos de ‘bullying’ na Europa e na América do Norte, ficando mesmo à frente dos Estados Unidos. Só estes dados são preocupantes, como é preocupante tudo o que passa pelas televisões e pelos jornais no que diz respeito a relatos dos nossos jovens e que grande parte se passa nas escolas ou no seu exterior.
O ‘bullying’, recorde-se, são actos de violência física ou psicológica intencionais e repetidos, praticados por um jovem ou grupos de jovens sobre outro.

Segundo dados do Relatório Anual de Segurança Interna (RASI) referentes ao ano lectivo de 2014/15 as maiores ocorrências aconteceram em Lisboa (2886) e Porto (1270), seguindo-se Aveiro (503). Naquele ano lectivo no distrito de Braga foram participadas 269 ocorrências e em Viana do Castelo 66.
Estes dados servem de exemplo para demonstrar que os números preocupam e tanto mais preocupam quando pensamos que uma grande maioria dos casos nem se quer são registados porque não é feita a ocorrência devido a medo e represálias.

Levamos os números para a UNICEF e este organismo revela que entre 31 a 40% dos adolescentes portugueses com idades entre os 11 e os 15 anos disseram terem sido intimidados na escola uma vez em menos de dois meses. Temos que pensar seriamente neste caso que preocupa. Não podemos ter mais queixas do que os EUA, país onde aconteceram três quartos dos tiroteios em escolas registados no mundo nos últimos 25 anos. Chegou a altura de trabalhar mais e melhor na prevenção e resolução deste horrível problema!

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

13 Novembro 2018

Braga Capital

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.