Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +

Para reflexão...

Usamos Bruxelas como desculpa para muita coisa

Para reflexão...

Voz às Escolas

2022-06-30 às 06h00

Luisa Rodrigues Luisa Rodrigues

Teve lugar, no passado dia 24 de junho, a sessão de encerramento do Projeto “Avós Virtuais”, uma iniciativa do Agrupamento de Escolas Gonçalo Sampaio, em parceria com a CLDS 4G Lanhoso (Santa Casa da Misericórdia da Póvoa de Lanhoso), a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso e as Juntas de Freguesia envolvidas, com o objetivo de promover a melhoria das relações intergeracionais e de criar oportunidades de participação das pessoas idosas em atividades sociais, culturais e lúdicas.
Esta sessão foi a primeira iniciativa realizada na modalidade presencial, encerrando a primeira fase do projeto, sendo visível a alegria com que “Avós” e “Netos” se encontraram, e conheceram, pessoalmente, partilhando diversos momentos culturais – marchas alusivas aos Santos Populares, teatro, leitura de textos...
Do mesmo modo teve lugar, recentemente, a apresentação de um projeto da iniciativa de uma turma do quarto ano de escolaridade de uma das escolas do referido Agrupamento, atividade em que está bem patente a sensibilidade dos alunos para causas sociais, a coerência das medidas que se propõem dinamizar e o impacto social das mesmas, evidenciando o desenvolvimento de competências que tanto valorizamos.
Os assuntos podem não despertar a curiosidade da maior parte dos leitores, que entendem, embora erradamente, tratar-se, simplesmente, de publicidade aos muitos projetos que as escolas dinamizam, mas são iniciativas que se constituem como o pontapé de saída para a implementação de dinâmicas que antecipam uma visão mais humanista das gerações mais novas, o que deve ser valorizado.
Estes, como tantos outros projetos, têm uma intencionalidade reforçada, se atentarmos a que perspetivam alertar a sociedade, em geral, e, de um modo especial, aqueles que podem, efetivamente, produzir mudanças, para a necessidade de criarmos condições para o exercício de uma cidadania mais participada e responsável.
A Escola abre as portas e constrói pontes com a comunidade, consciente das exigências da atual sociedade e do seu papel enquanto agente de mudança, levando os alunos a refletir sobre alguns dos principais problemas que nos afetam, a todos, a desenvolver o pensamento crítico e a apresentar propostas, dotando-os de ferramentas que lhes permitam assumir, num futuro próximo, um papel ativo, e construtivo, que provoque as melhorias que todos almejamos.
Há que reconhecer que a Escola de hoje é um espaço de primordial importância na formação das novas gerações, extravasando, largamente, o domínio do conhecimento, pelo que toda a sua acção está imbuída de uma intencionalidade que congrega múltiplos domínios da formação de um ser humano, do que decorre a necessidade dos profissionais de educação estarem num constante processo de adaptação.
Não perseguimos louvores, mas não é novidade que o reconhecimento das nossas acções é um grande incentivo para continuarmos a investir na melhoria das práticas que implementamos, o que se aplica, de um modo especial, ao impacto na motivação dos alunos, sobretudo quando desafiados a abraçar projetos de cariz social, que exigem que convoquem competências múltiplas e, é de justiça que se reconheça, tempo, uma preciosidade face à sobrecarga de tarefas a que estão sujeitos.
Assim, a divulgação e o reconhecimento das iniciativas de maior impacto da Escola, com ênfase no papel desempenhado pelos alunos, deve ser assumida como uma prioridade também pelos órgãos de comunicação social, porque, também eles, devem constituir-se como parceiros da Escola e, através da informação, contribuir para o desenvolvimento da sociedade.

Para reflexão...

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho