Correio do Minho

Braga, terça-feira

Para o Montijo voar... voar...

Confiança? Tínhamos razão.

Ideias

2017-02-16 às 06h00

Paulo Monteiro

Estava a olhar para o mapa de Lisboa e a pensar... se não fosse o rio Tejo os aeroportos Humberto Delgado e Montijo ficavam colados um ao outro. Isto significa mesmo que só o rio os separa. E, ao que parece, já se trabalha a todo o gás para o novo aeroporto no Montijo. A primeira condição era que se o tráfego no aeroporto Humberto Delgado fosse superior a 20 milhões de passageiros teria que se encontrar uma alternativa.

Ora esta premissa foi ‘conquistada’ uma vez que passaram por Lisboa mais de 22,4 milhões de passageiros (um aumento de 11,7% face a 2015 e onde contribuiram os voos ‘desviados’ do Porto pela TAP... certamente). Conquistado este primeiro requisito há que convencer que Montijo é melhor do que Alverca e Sintra. E isso parece quase conseguido. Ontem mesmo o Governo e a ANA assinaram um memorando de entendimento onde se comprometem a estudar a solução ‘Portela+1’, que prevê a utilização da Base Aérea do Montijo como complemento ao Aeroporto Humberto Delgado.

Mas nada fica por aqui... a velocidade é supersónica e já se fazem outros estudos; a Transtejo tem de assegurar transporte fluvial e já se fala numa linha de metro na ponte Vasco da Gama e mesmo novas negociações com a Lusoponte porque o tráfego na ponte vai aumentar... Enfim ao ler as notícias que nos chegaram ontem tive a ligeira impressão de que já estava tudo tratado. Até Marcelo Rebelo de Sousa já escolheu o nome: Aeroporto Mário Soares.

Enfim... fica para a história o facto dos aeroportos Francisco Sá Carneiro (+16%), Faro (+18,5%), Funchal (+15%) e Açores(+18%) terem aumentado o tráfego de passageiros. Aliás, todos subiram mais do que Lisboa.
Tudo isto quer dizer que se adivinham grandes obras lá para os lados da capital... Por isso: viva o centralismo!

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

18 Setembro 2018

Ser de Confiança

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.