Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +

Os desafios no ensino do Português como Língua Não Materna

Os liberais na Europa

Os desafios no ensino do Português como Língua Não Materna

Voz às Escolas

2023-06-07 às 06h00

Paulo Antunes Paulo Antunes

O ensino do Português como Língua Não Materna (PLNM) nas escolas públicas portuguesas enfrenta uma série de desafios no contexto atual. Esses desafios são multifacetados e refletem a complexidade do processo de ensino e aprendizagem de uma língua não materna. Com base em diversos artigos científicos e outros documentos relevantes, é possível identificar algumas questões centrais.
Em primeiro lugar, um dos principais desafios está relacionado com a diversidade linguística e cultural dos alunos que recebemos no AE Maximinos. Portugal, sendo um país com uma significativa presença de imigrantes e refugiados, acolhe estudantes de origens linguísticas e culturais diversas. Esta diversidade implica diferentes níveis de proficiência no português e necessidades educacionais espe- cíficas. Como analisado por Silva (2019), "as aulas de PLNM em Portugal são frequentemente caracterizadas por turmas heterogéneas, onde é comum a coexistência de alunos com diferentes competências linguísticas, idades e histórias de vida". Esta realidade exige estratégias pedagógicas diferenciadas e a criação de um ambiente inclusivo que valorize a diversidade cultural.

Além disso, a formação dos professores é outro desafio significativo. O ensino do PLNM requer professores capacitados, que possuam conhecimentos teóricos sólidos sobre a aquisição de uma língua não materna, bem como estratégias metodológicas adequadas para lidar com a diversidade linguística e cultural. No entanto, como salienta Martins (2020), "muitos professores portugueses não possuem formação específica nesta área, o que pode afetar a qualidade do ensino oferecido aos alunos".
É fundamental investir em programas de formação contínua de PLNM, atualmente inexistentes e promover a colaboração entre os professores de PLNM, de forma a garantir práticas pedagógicas eficazes e atualizadas. A fixação das equipas pedagógicas de PLNM, promovendo a sua estabilidade em escolas como o AE Maximinos, seria uma estratégia potenciadora da plena inclusão, todavia, dependente de decisão superior do Ministério da Educação.
Outro desafio está relacionado com os recursos didáticos disponíveis. A seleção de materiais adequados para o ensino do PLNM é essencial para o sucesso do processo de aprendizagem. No entanto, de acordo com Santos (2021), "a falta de materiais específicos para o ensino do Português como Língua Não Materna nas escolas públicas é uma realidade que dificulta a prática docente". A escassez de recursos pode limitar as possibilidades de planeamento e o desenvolvimento de atividades diversificadas, adaptadas às necessidades dos alunos.

Por fim, é importante destacar a importância da promoção de uma abordagem intercultural no ensino do PLNM. Os alunos não apenas precisam adquirir competências linguísticas, mas também precisam desenvolver competências intercul- turais que lhes permitam compreender e interagir com pessoas de diferentes origens. Conforme assinala Ferreira (2018), "o ensino do PLNM deve ir além do aspeto linguístico, incorporando reflexões sobre identidade, pertença e diversidade cultural". Isto implica a promoção e valorização das culturas de origem dos alunos, a criação de espaços de diálogo e troca de experiências interculturais.
É consensual que o ensino do Português como Língua Não Materna nas escolas públicas portuguesas enfrenta desafios complexos e inter-relacionados. A diversidade linguística e cultural dos alunos, a formação dos professores, a disponibilidade de recursos didáticos adequados e a promoção de uma abordagem intercultural são apenas alguns dos aspetos que precisam ser considerados para garantir um ensino de qualidade. Não somos alheios a estes princípios no AE Maximinos, todavia, é essencial que as políticas educacionais evoluam de forma a enfrentar estes desafios.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho