Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +

O São João dos Bracarenses

A Biblioteca Escolar – Um contributo fundamental para ler o mundo

Escreve quem sabe

2015-06-23 às 06h00

Margarida Pereira Margarida Pereira

Em época de santos populares, o São João é aquele que mais se vive em Braga. As ruas estão repletas de decorações alusivas ao Santo e as típicas bancas de manjericos e farturas também já enchem a avenida. Com a cidade “vestida” a rigor, dão-se início às festas que se celebram durante mais de uma semana.

A programação é bastante ampla podendo, assim, agradar a um maior número de pessoas que por lá passam. Desde os mais variados concursos, dos quais destacamos o concurso de cascatas sanjoaninas, onde a JovemCoop teve a honra de participar como representante da União de Freguesias de S. Lázaro e S. João do Souto e que pelo segundo ano consecutivo se destacou com o honroso segundo lugar, até às abundantes exposições que enchem as salas dos museus de Braga. Certo é que este ano ninguém tem desculpa para ficar fora da festa mais popular da cidade.

Tal como a JovemCoop, muitas são as associações que decidiram cooperar com a Associação de Festas de S. João, de modo a abrilhantar as festividades históricas da cidade. Prova disso, foi o Cortejo Histórico que contou com a presença de várias associações e grupos culturais da cidade. Composto por vários quadros, como o candeleiro, a dança das pelas, a serpe ou o Rei da Mourisca, o cortejo histórico (ou do porco preto) saiu às ruas na passada sexta feira pelo segundo ano consecutivo e retrata as mais antigas tradições das festas de São João.

À JovemCoop coube interpretar o quadro do Rei e Imperador, que durante do século XVI foi um dos quadros principais das festas. Apesar da escassa informação sobre este quadro, sabe-se que era caracterizado por ter uma dança que acompanhava o Rei e o Imperador, ainda que se desconheça o figurino da mesma. Os elementos deste quadro deveriam ir com trajes à época e de rigor cronológico. Apesar da falta de informação, tentamos sempre aproximar as recriações o máximo possível da realidade das antigas festas de S. João.

Um outro momento de originalidade das festas de S. João que importa referir, é o cortejo das rusgas, que se realiza esta noite. Passando pela Rua do Souto e percorrendo toda a Avenida da Liberdade, este é um dos momentos mais vividos pelos bracarenses e, por esse motivo, convidamo-lo a si, caro leitor, a passar pela rua e ver o cortejo. Damos particular atenção para a Rusga de Guadalupe, por ser uma rusga moderna, composta por jovens que pretendem dar continuidade às tradições, não permitindo assim o desaparecimento das rusgas espontâneas que se juntavam nos arredores da cidade e partiam para as festas de São João.

Mas não só de tradições se vive o São João. Este ano realizou-se, pela primeira vez, a Gala Sanjoanina “E Repenica…”, onde se homenagearam as mais importantes entidades da história das festas de S. João, ao som das tradicionais músicas que nos invadem durante as festividades ao Santo.

A JovemCoop teve a oportunidade de ver a gala, uma vez que fomos receber o prémio das cascatas sanjoaninas e, em nosso entendimento, foi um momento magnífico onde a história e a tradição se uniu à música, e onde os grupos musicais da cidade se juntaram para interpretarem temas históricos como o hino da cidade, o hino de S. João, entre muitos outros. Por esse motivo deixamos aqui o nosso aplauso a todos os participantes na gala, sobretudo pela capacidade de aproximarem a população das tradições e por mostrarem que as tradições não têm que ser parolas nem saloias.

Com uma oferta cultural tão abundante, e sendo amanhã o dia do “nosso” santo popular, só o podemos convidar a sair de casa e a juntar-se às comemorações, porque, felizmente, cada vez mais o S. João não é só de Braga, mas é de todos os que o queiram viver.

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

28 Novembro 2020

Ilusão verde

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho