Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +

O que nos distingue

Plano, Director e Municipal …

Voz às Escolas

2018-12-19 às 06h00

Joaquim da Silva Gomes Joaquim da Silva Gomes

Sexta-feira, dia 14 de dezembro, iniciou-se a primeira interrupção letiva, o que marcou o final do primeiro período para todos os alunos. Foram exatamente três meses de intenso trabalho e dedicação, numa fase marcado por profundas alterações legislativas, as quais já foram apelidadas como constituindo o “Verão Quente da Educação”. Apesar das alterações legislativas, todos os membros desta comunidade educativa dedicaram-se de forma permanente, ao ponto do ser visível o seu cansaço. Por estes dias, ao cansaço associa-se um sentimento de alívio pelo dever cumprido, como profissionais de enorme qualidade que, indiscutivelmente, o são. É por isto que o nosso Agrupamento se distingue na sociedade.

Uma parte do trabalho desenvolvido no primeiro período foi apresentada no passado dia 11 de dezembro, aquando da realização da Festa de Natal e da Família do Agrupamento de Escolas de Maximinos. Foi um espetáculo de luz e cor, marcado pela excelência nas várias atuações apresentadas. Com uma participação de todos os ciclos, desde o pré-escolar ao secundário, as atuações abrangeram áreas como a Dança Clássica, Contemporânea, Música Clássica, Canções de Natal, Poesia entre outras manifestações artísticas.
No palco do Fórum Altice Braga, cedido pelo Município, marcaram presença alunos do Centro Escolar da Naia, da EB1 da Gandra, do JI/EB1 de Estrada, da EB23 Frei Caetano Brandão e da Escola Secundária de Maximinos, para além dos Pais e Encarregados de Educação, que quiseram juntar-se a esta festa.

Uma noite de partilha, de alegria, de amor e de muita união. Um espetáculo que demostrou que o Agrupamento de Escolas de Maximinos trabalha para a educação global do aluno enquanto pessoa e cidadão. Que promoveu a articulação entre a escola e a comunidade e que demonstrou aos Pais e Encarregados de Educação e a toda a nossa comunidade que somos distintos e que vale a pena fazer parte desta Escola.
Também no passado sábado realizou-se o tradicional convívio de Andebol. Trata-se de um projeto de enorme qualidade que aqui é desenvolvido e cujos rostos principais são os professores António Lopes e Jorge Rito. É um projeto que envolve dezenas de alunos e encarregados de educação e que contribui para desenvolver os valores do desporto, mas principalmente os da educação, do respeito e da cidadania. É por isto que o nosso Agrupamento se distingue na sociedade.

Os valores de integração, de respeito pela diferença, da partilha, do civismo e da cidadania são cada vez mais reconhecidos e constituem uma marca distinta do nosso agrupamento. E a comprová-lo estão as mensagens positivas que recebemos, quer de alunos, quer de pais e encarregados de educação, como é o caso do exemplo que se segue:
“Sou mãe e encarregada de educação de uma aluna do Agrupamento de Escolas de Maximinos. Este é o primeiro ano que frequenta este Agrupamento e como compreenderão, uma mudança suscita sempre expectativa. Devo dizer que me sinto muito satisfeita com a opção tomada. A minha filha encontra-se completamente integrada.
Numa altura em que o ensino e os professores passam por um período tão difícil, gostaria de dar os parabéns ao Agrupamento e em particular aos seus professores.

Considero que devemos sempre elogiar e homenagear aqueles que, apesar das vicissitudes, se esforçam para tornar a Escola um local de aprendizagem mas acima de tudo um local de partilha e respeito.
Quero felicitá-los pela Festa de Natal! O empenho e dedicação dos professores foram notórios. Gostaria de agradecer-lhes pela iniciativa e esforço. A festa foi muito divertida e enriquecedora. Permitiu ainda que tomássemos conhecimento da vasta oferta formativa disponibilizada pelo Agrupamento”.
Os dias que vivemos são propícios a partilhas e a trocas de presentes. Assim, para este Natal, desejo que as prendas dos alunos para os pais sejam as boas notas. E que estas notas sejam um ponto de partida para melhores resultados, no segundo período, e, principalmente, no final do ano letivo.

Uma palavra de agradecimento a todos os Assistentes Operacionais e Técnicos pelo trabalho e dedicação permanente aos nossos valores.
O nosso Agrupamento faz jus aos princípios consagrados na Declaração Universal dos Direitos Humanos, cuja comemoração dos 70 anos decorreu no dia 10 de dezembro. Não tenho dúvidas que deste Agrupamento sairão bons cidadãos, defensores da paz, da justiça e da democracia. É por isto que o nosso Agrupamento se distingue na sociedade.
Aproveito para desejar a toda a comunidade educativa do Agrupamento de Escolas de Maximinos um Feliz Natal e um excelente ano de 2019.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho