Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +

O projeto Escola Inclusiva@ESTG.IPVC

Frei Tomás dos tempos modernos

O projeto Escola Inclusiva@ESTG.IPVC

Ensino

2020-01-15 às 06h00

Ana Teresa Ferreira Oliveira Ana Teresa Ferreira Oliveira

Há projetos que apaixonam, comprometem, criam laços e constroem! O projeto Escola Inclusiva na Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viana do Castelo é uma dessas realidades únicas transpostas no sonho, translúcidas, entre a alma do ser humano e a realidade da opacidade dos dias. Todos os dias nos faz bem à alma construir projetos que permitam que os nossos estudantes participem ativamente no seu desenvolvimento. Todos os dias a comunidade académica constrói com as suas próprias mãos projetos específicos técnicos, com o brilho dos projetos sociais e os sorrisos que só os resultados reais nos trazem.
O projeto Escola Inclusiva é um sonho em marcha. Um projeto de co construção/ intervenção na comunidade. Funcionamos quase como um orçamento participativo, mas sem orçamento, só uma vontade indescritível de contribuir, agregar valor e transformar o mundo. Agregamos valor às instituições com que todos os dias trabalhamos e construímos, autonomizando os nossos estudantes em projetos reais na comunidade com valor social indiscutível. A nossa Escola Inclusiva estimula à participação em projetos sociais articulando-os com os planos de estudos e com as necessidades da comunidade envolvente. É lançado o desafio às entidades com intervenção de foro social para que apresentem as suas dificuldades e problemáticas, sugerindo e co construindo projetos e mecanismos de resposta que ajudem a minimizar problemáticas especificas presentes na comunidade e/ou promover o desenvolvimento dos próprios recursos das entidades, sempre em prol do impacto social positivo no âmbito das suas missões.

O projeto teve, desde o início, uma grande aceitação e envolvimento de professores, estudantes e organizações, uma vez que a responsabilidade social é conhecida por ser efetiva na construção da cidadania.
O projeto Escola Inclusiva pretende promover, coordenar e apoiar projetos aprendizagem-serviço com problemas reais, integrados nos curriculla provenientes de desafios externos e projetos de voluntariado universitário. O impacto do projeto Escola Inclusiva na ESTG.IPVC conta atualmente e orgulhosamente com 350 alunos e professores envolvidos, 23 instituições, 12 cursos e 82 projetos desenvolvidos. Fomos premiados nacionalmente por duas entidades reconhecidas na Responsabilidade Social Universitária: o Banco Santander e a Academia Grace e premiados diariamente pelos sorrisos e resultados que promovemos regionalmente.
O projeto verte diretamente no objetivo n.º 4 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável através da: - Educação para o desenvolvimento sustentável assente em premissas locais de desenvolvimento social e humano; Mobilização dos nossos estudantes para todos os projetos Escola Inclusiva, quer os assentes em curriculla, quer os que têm origem na sua prática de voluntariado universitário, promovida e suportada pela Escola Inclusiva; Transferência de conhecimento inter e intra disciplinar; Liderança social e compromisso público promovendo o diálogo intersectorial e interinstitucional.

O projeto Escola Inclusiva pretende ser um dos rostos da nossa estratégia de desenvolvimento de liderança social, uma estratégia de desenvolvimento local que pretende consolidar e desenvolver uma forte base comunitária e territorial. Este é um projeto que promove a inclusão ativa dos nossos estudantes em projetos sociais, aumentando as suas competências de cidadania e a sua participação social, melhorando inclusivamente as suas competências de empregabilidade ao depararem-se com contextos e problemas organizacionais reais. A aprendizagem em serviço melhora significativamente os ativos de ligação às organizações que podem adicionalmente melhorar o compromisso e a motivação dos estudantes.
A co-construção de projetos de aprendizagem em serviço e de voluntariado universitário contrapõem problemáticas da comunidade oferecendo soluções alternativas. O impacto social positivo é promovido no âmbito das missões dos seus interlocutores.

A participação dos estudantes em projetos de contexto de aprendizagem colaborativo, que respondem a necessidades concretas embebidas nos curriculla permitem para além do desenvolvimento das competências técnicas, competências humanas centradas na análise e tomada de decisão ética.
A Escola Inclusiva permite-nos todos os dias continuar a sonhar e a construir, desenvolvendo, e perseguindo a luz humana, combatendo a opacidade real, assentes sempre em competência técnica e cívica.
Há projetos que apaixonam, comprometem, criam laços e constroem! Esta é a nossa Escola Inclusiva!?

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho