Correio do Minho

Braga, segunda-feira

O Novo Presidente do Escutismo Mundial

A Europa paga aos agricultores para não produzirem?

Escreve quem sabe

2014-09-19 às 06h00

Carlos Alberto Pereira

O mês de agosto foi pródigo em notícias sobre a eleição de um escuteiro português para a presidência do comité mundial do escutismo. Agora, que a euforia de uns, apatia de outros e a tristeza de alguns, se diluíram no efervescer de um novo ano escutista, queria partilhar com os leitores três dos meus pontos de vista sobre o assunto.

Em primeiro lugar, recordar que a conferência mundial apenas elege os 12 membros do comité mundial do escutismo, sendo certo que nesta 40.ª conferência, reunida na Eslovénia, de 11 a 15 de agosto passado, foi reeleito um escuteiro português.
Na sua primeira reunião, os membros eleitos do comité foram chamados a escolher, de entre eles, o presidente do comité e esta decisão recaiu sobre o João Amando Gonçalves, escuteiro do Corpo Nacional de Escutas.

O João Armando é escuteiro desde os 13 anos de idade, e desenvolveu, já como adulto voluntário, a sua ação de educador no agrupamento da Figueira da Foz, tendo servido na estrutura regional de Coimbra, na equipa nacional, no comité europeu do escutismo e, desde 2011, também no comité mundial.

Este engenheiro civil é professor no Instituto Politécnico de Coimbra, tendo como área de especialização o ordenamento do território. Aos 51 anos de idade vê-se com a responsabilidade de “Servir” mais de 40 milhões de escuteiros (jovens e adultos voluntários), por isso, talvez seja o tempo de o felicitar pelo percurso de vida, marcado por esta disponibilidade permanente de dar e de se dar de forma gratuita aos outros (felicitar também pelo aniversário natalício que hoje celebra).

Em segundo lugar, reconhecer que é a primeira vez que um português é escolhido para o desempenho deste cargo. Este facto, pressupõe o reconhecimento de um percurso de vida marcado pelo empenhamento na missão, pela clareza da visão, pela capacidade de diálogo, tolerância e compreensão dos outros, nesta dimensão universal do escutismo. Mas também no reconhecimento das qualidades de formação cultural, social e humana, de liderança e de procura constante de novas respostas para os sinais dos novos tempos. É esta construção do presente, alicerçado no passado coletivo, orgulhosamente construído, que o escutismo se projeta no futuro e consolida o seu próprio futuro, que é, simultaneamente, o futuro da humanidade.

Em terceiro lugar, manifestar a convicção profunda que todo o “saber” do João Armando, aliado à sua capacidade de “saber fazer”, envolvidos pela sua forma de “ser”, projetam, no quadro atual, o novo presidente do comité mundial do escutismo como um semeador de esperança que fará emergir os princípios fundamentais do escutismo, promovendo a sua afirmação enquanto movimento de autoeducação, na área do não formal, segundo a classificação da UNESCO, colocando o jovem como o centro da ação educativa e como o protagonista da sua própria educação.

Os valores da cidadania responsável e ativa, da gratuitidade, da solidariedade, da amizade, do serviço, do sentido do outro e de pertença comunitária (desde o pequeno grupo, às comunidades local, nacional e universal), vividos na dinâmica participativa e partilhada do método escutista, assumirão uma nova dimensão na vida de tantos milhões de jovens que, de forma simples, vão percorrendo os caminhos da Justiça e da Paz, preparando-se para materializar o sonho do fundador: construir um mundo melhor.

Finalmente, agradecer ao João Armando, a disponibilidade para esta maratona de Serviço permanente aos outros e pedir que Nossa Senhora Mãe dos Escutas o acompanhe e guie do desempenho desta missão.

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

10 Dezembro 2018

Como sonhar um negócio

09 Dezembro 2018

Macron - Micron

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.