Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +

O confinamento e o desconfinamento das Bibliotecas de Famalicão

Criado... não aceita mau destino

O confinamento e o desconfinamento das Bibliotecas de Famalicão

Voz às Bibliotecas

2020-05-21 às 06h00

Carla Araújo Carla Araújo

Apesar de se manterem encerradas ao público, a Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco e os seus Polos de Leitura, em Vila Nova de Famalicão, reabrem de forma condicionada e faseada alguns dos seus serviços. Ora, foi na sequência das orientações da Comissão Municipal de Proteção Civil de Vila Nova de Famalicão e da Direção Geral da Saúde, devido à pandemia provocada pelo COVID-19, que a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão manteve encerradas, desde o passado dia 11 de março, todas as Bibliotecas do seu concelho. Apesar do encerramento dos serviços presenciais em todas as Bibliotecas, durante todo este período, foram sempre mantidos e assegurados os serviços de atendimento telefónico e de atendimento eletrónico a todos os leitores.

Por esse motivo, e como forma de ultrapassar a distância e manter o contacto entre as bibliotecas e os seus leitores, as Bibliotecas de Famalicão tornaram-se ainda mais criativas e versáteis na sua missão de ir ao encontro dos seus leitores, ainda que de uma forma virtual. Foram rápidas a agir e, com recurso aos ambientes digitais e online, disponibilizaram sessões de hora do conto para os pequenos leitores e suas famílias, através da iniciativa “Contos à Quarta”; lançou uma série de desafios para serem realizados pelos leitores a partir das suas casas, que intitulou de “A nossa casa é uma Biblioteca”; disponibilizou uma visita virtual à exposição programada para o mês de abril, intitulada “JÚLIO BRANDÃO: Recordações dum velho poeta - 150 anos do nascimento”; foi propondo e partilhando uma série de websites que proporcionam o acesso livre e gratuito a livros digitais em português; iniciou uma rubrica para dar a conhecer ao público geral os “tesouros escondidos” da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, intitulada “Viagem ao Interior da Biblioteca”; comemorou o Dia Mundial do Livro, o Dia da Liberdade, entre outras efemérides.

Para além de toda a atividade que mantinham nos ambientes online, as Bibliotecas de Famalicão e as suas equipas mantiveram-se coesas e resilientes a trabalhar diariamente nas áreas da administração e gestão; do tratamento técnico documental; da informática documental; da referência e apoio ao utilizador, e, entre outras, reorganizou as salas de leitura e os seus fundos documentais para melhor receber e apoiar os seus leitores. Confirma-se, assim, que durante o período de confinamento social as Bibliotecas de Famalicão recrearam os seus serviços e procuraram adaptar-se à nova realidade social do país. Considerando-se, entretanto, o anúncio público do Plano de Desconfinamento nacional e o facto do Governo reconhecer às Bibliotecas e aos Arquivos a sua iminente utilidade cívica, as mesmas foram agora colocadas na primeira linha dos serviços a que se permitiu a reabertura dos seus serviços logo a partir do passado dia 4 de maio.

Assim, e no que às Bibliotecas de Famalicão diz respeito, o plano para a reabertura condicionada e faseada de serviços nas bibliotecas já arrancou no passado dia 7 de maio e organiza-se da seguinte forma: 1.ª fase de abertura dos serviços exclusiva para a devolução do máximo possível de documentos que se encontram fora das bibliotecas e em empréstimo domiciliário. 2.ª fase de abertura dos serviços para arranque dos empréstimos domiciliários sob reserva antecipada. 3.ª fase de abertura dos serviços para pesquisa e consulta presencial dos documentos nas diferentes salas. Em qualquer uma desta fases estão e serão sempre cumpridas as regras de atividade pós-contenção, constantes no Plano de Mitigação de Riscos, e será condicionada à lotação de cada biblioteca e de cada sala, respeitando as regras de distanciamento entre pessoas e com recurso ao uso obrigatório de máscaras pelos leitores. As Bibliotecas Municipais e os seus profissionais manter-se-ão onde sempre estiveram, comprometidos e empenhados na prestação de serviços de elevada qualidade aos seus leitores.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho