Correio do Minho

Braga, terça-feira

O aquecimento global e os fenómenos meteorológicos

O conceito de Natal

Ideias

2014-10-29 às 06h00

Pedro Machado

Nos últimos tempos temos assistido a fenómenos climáticos fora do normal que trazem à baila novamente a questão das alterações climáticas e do aumento da temperatura e do nível médio do mar.
Depois de um Verão que praticamente não existiu, temos tido dias de calor seguidos de dias de precipitações intensas causando inúmeros problemas ao quotidiano das populações, bem como prejuízos significativos. E ainda não esquecemos os problemas com o avança do mar ocorridos no inverno passado.

Mas o problema não é propriamente recente, nos últimos anos, registou-se um aumento de eventos meteorológicos extremos, como secas, cheias e as frequentes ondas de calor e frio. Neste momento assiste-se às mais altas temperaturas de Novembro de que há memória, os portugueses têm ido para as prais do nosso País nesta altura do ano, em contrapartida, assiste-se à maior intempérie e às maiores cheias de sempre, na Grécia.
Neste sentido, registou-se uma subida da temperatura média do ar, com um aumento de 4ºC a 7ºC entre 2000-2010.

Devido aos efeitos potenciais sobre a saúde humana, economia e meio ambiente, o aquecimento global é uma grande preocupação, há quem considere o maior problema que a Humanidade terá de enfrentar nos próximos anos!

O Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas prevê as seguintes consequências, até 2100, caso a situação não se altere:
- Um aumento da temperatura média do ar de 2ºC a 4,5ºC ente 1990 e 2100;
- Um aumento do nível do mar de 18 a 59 cm entre 1990 e 2100;
- Degelo do Árctico, de 4m a 6m;
- Redução do gelo nos cursos de água, lagos e mares;
- Maior concentração de vapor de água e de precipitação, principalmente no hemisfério Norte;
- Maior ocorrência de fenómenos climáticos extremos, como cheias, secas e de dias muito quentes.
- Aumento do risco de extinção de plantas e animais (perda provável de metade da biodiversidade mundial);
- Aumento do risco de ocorrência de impactes a larga escala e com efeitos irreversíveis associados a alterações das correntes marítimas;
- Aumento do risco de ocorrência de conflitos sociais e de migrações de populações;
Todos estes riscos deveriam pressionar os decisores mundiais a mudar alguma coisa enquanto a situação ainda é reversível, contudo, os cidadãos têm de alterar alguns dos seus hábitos, sem que isso signifique perder qualidade de vida.

Para muitos, as alterações climáticas podem nem parecer um problema, mas porque ainda conseguem viver isolados das suas consequências, no entanto, já estão a ter efeitos reais em pessoas, animais e ecossistemas e recursos naturais, dos quais, todos dependemos. Se não se fizer nada, propagar-se-ão exponencialmente.

Diminuir o aquecimento global passa pela diminuição da emissão dos gases de efeito de estufa. A nível individual, todos podemos contribuir com pequenos gestos que, juntos, poderão fazer a diferença. Nunca é demais relembrar um gesto simples: Faça separação de resíduos - o que não é separado para reciclagem acaba no aterro, gerando metano, que contribui para o efeito de estufa, além disso, produtos reciclados querem menos energia para serem produzidos, do que produtos feitos a partir de matéria-prima.

Somos os responsáveis por estas alterações, no entanto a minha convicção, diz-me que acontecerá um retrocesso positivo em torno desta questão, através de uma educação ambiental mais rica e eficaz. Como tenho vindo a afirmar, temos de massificar a educação ambiental. Fizemos muito em muito pouco tempo, mas ainda falta fazer muito mais!
Temos que zelar pelo futuro das gerações vindouras.
Ajude-nos, ajudando-se!

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

11 Dezembro 2018

Orçamanto

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.