Correio do Minho

Braga, terça-feira

O 40.º Aniversário da APECOTE

Tancos: falta saber quase tudo

Escreve quem sabe

2017-02-17 às 06h00

Carlos Alberto Pereira

Perdoar-me-ão os leitores por, nesta crónica fugir ao tema do Escutismo, sobretudo estando tão próximo do dia em que celebramos o fundador Baden-Powell, 22 deste mês. Mas, o facto, é que no dia em que esta crónica será publicada a Comunidade Educativa do Colégio Teresiano de Braga celebrará o dia da fundação da Associação de Pais e Encarregados de Educação dos Alunos do Colégio Teresiano - APECOTE -, a cuja direção presidi durante doze dos treze anos que os meus filhos frequentaram o colégio.

A associação foi criada por escritura pública outorgada no segundo cartório notarial de Braga, no dia 17 de fevereiro de mil novecentos e setenta e sete, com publicação no Diário da República, III Série, número 77, de 1 de abril de 1977. Foram outorgantes pela APECOTE, e como tal os seus fundadores, oficialmente consagrados:
1. Artur Antero Eusébio de Saraiva Caldeira;
2. Augusto Rodrigues de Almeida;
3. Filomena Isabel Pereira Sampaio Amorim;
4. José Monteiro dos Santos;
5. Luís Gomes Fernandes.

A criação desta associação de pais é contemporânea da Lei nº 7/77 de 1 de fevereiro, conhecida como a (primeira) “Lei das Associações de Pais”, para além desta atualidade, a verdade é que muito pouco se sabe da atividade inicial da ação da associação até mesmo dos seus corpos associativos, caindo mesmo na inatividade nos finais da primeira década da sua existência.
Em 31 de outubro de 1987, a Federação Nacional das Associações de Pais de Alunos do Ensino Católico - FNAPEC, realizou o seu III Encontro Nacional, e a ditetora do Colélgio Teresiano, a irmã Maria Amélia Matos, escolheu dois encarregados de educação para representarem o colégio que, no final deste elaboraram um relatório onde, de entre outras coisas, recomendavam que fosse “restaurada” a APECOTE.

A semente caíu em boa terra, de tal modo que no dia 26 de novembro de 1987 houve uma primeira reunião de uma equipa de encarregados de educação, funcionando como comissão instaladora, que definiu uma estratégia para relançar a associação de pais e na segunda reunião, no dia 4 de dezembro, já havia um núcleo de encarregados de educação representativo dos quatro níveis de ensino existentes no colégio: pré-escolar, primeiro, segundo e terceiro ciclos do ensino básico. Pelo que agendaram uma assembleia geral para o dia 8 de janeiro de 1988, sendo a convocatória assinada pela diretora e por um representante do grupo de pais.

Reunida a Assembleia Geral foram eleitos os corpos sociais e elaboradas as linhas de ação para o primeiro programa de acção, como se pode ver no primeiro boletim “APECOTE Informatido”, de janeiro de 1989.
De então para cá a APECOTE tem tido uma ação relevante na vida da comunidade educativa porque tem mantido a matriz de colaboração exigida pelo provérbio africano «para educar uma criança é necessária toda a aldeia».

Olhando para trás posso rever o crescimento e desenvolvimento da Associação de Pais e Encarregados de Educação dos Alunos do Colégio Teresiano, nas palavras escritas no Manual das Associações de Pais, da CONFAP - Confederação Nacional das Associações de Pais, 2001, página 10: «Na década de setenta, as Associações de Pais tinham sobretudo um carácter reivindicativo: estávamos na fase de lutar pelos direitos mais elementares como o direito à existência - enfim o poder ir à escola. Seguiu-se um segundo período em que se empreendeu uma luta pelo direito a ser ouvido, a participar na vida escolar. Finalmente encetamos um terceiro período: o de estar na escola, com a escola e para a escola, isto é, os pais são parte integrante da comunidade educativa.»

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

23 Outubro 2018

Três razões

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.