Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Nutrição e exercício: grande dupla

Aprender a viver sustentavelmente com o Programa Eco Escolas

Escreve quem sabe

2012-02-19 às 06h00

Ana Ni Ribeiro

Nas últimas décadas, o número de utilizadores dos ginásios tem aumentado significativamente. A melhoria da qualidade de vida, a recuperação e/ou manutenção da saúde, a estética, o ganho e a definição de massa muscular, a perda de peso, as relações interpessoais, o treino para competições (amadoras e profissionais), entre outros, são alguns dos motivos que levam pessoas de todas as idades a procura-los. Uma alimentação equilibrada é fundamental para permitir que os objectivos sejam atingidos.

A nutrição no desporto deve também orientar os indivíduos para uma alimentação saudável, prevenindo diversas patologias relacionadas com hábitos alimentares desadequados, como doenças cardiovasculares, obesidade, diabetes e vários tipos de cancro. Apesar da preocupação dos indivíduos na busca de uma alimentação adequada ao treino, muitos deles adoptam comportamentos alimentares inadequados e fazem uso de suplementos nutricionais sem orientação. Infelizmente, muitas práticas alimentares erradas são estimulados pela ausência de nutricionistas nos ginásios.

Estudos recentes sugerem que as recomendações nutricionais para desportistas podem ser atendidas com uma alimentação equilibrada e adaptada à rotina de treinos, desde que devidamente acompanhados por um profissional capacitado. Sabe-se que a alimentação inadequada e o uso indiscriminado
de suplementos, além de não melhorar a performance podem trazer riscos
a saúde. Tendo em vista essas considerações, é necessário reforçar o papel e a actuação do nutricionista no ambiente desportivo.

Muitos indivíduos acreditam que permanecer em jejum ou consumir grandes quantidades de proteínas é a melhor forma de perder peso e ficar em forma. No entanto, a massa muscular é normalmente perdida com o jejum prolongado, e principalmente com a prática de exercícios, além da adaptação metabólica, com redução de uso calórico, podendo então resultar em uma maior deposição de gordura e ganho de peso mais rápido após retornar a dieta normal. A

ntes de fazer exercício físico, o mais indicado é que se ingira uma refeição particularmente rica em hidratos de carbono complexos (pão ou cereais integrais, batata, etc.) e líquidos (p.ex. sopa e água) 3 a 4 horas antes. 60 a 90 minutos antes do exercício, deve fazer-se um lanche (p.ex., sanduíche de pão escuro, ou uma barra de cereais integrais e sumo light). Não é aconselhável a ingestão de alimentos muito ricos em açúcares simples imediatamente antes de fazer atividade física (barras de cereais, bolos, chocolates, refrigerantes, etc.). Estes promovem a subida rápida de açúcar no sangue, podendo depois até ocasionar uma sensação temporária de fraqueza provocada pelo fenómeno de 'hipoglicémia reactiva'.

Para a recuperação muscular, é importante comer até 60 minutos após o exercício. A melhor recuperação pós-treino é feita com hidratos de carbono complexos e proteínas magras, essenciais para os músculos. Pode consumir, após a atividade física para elevar os seus músculos à máxima potência: um pão escuro com queijo magro ou um copo de leite.

Por fim, não esqueça que a nutrição não diz respeito apenas aos alimentos, mas também à hidratação. A água é importante a qualquer momento — antes, durante e depois do exercício — para hidratar o corpo e manter a temperatura equilibrada.

A adopção da actividade física como parte integrante da rotina diária de adultos e crianças tem sido muito estimulada, dada a constatação de que, desde que praticada com regularidade e acompanhamento profissional, traz inúmeros benefícios para a saúde. Contudo, muitas dúvidas surgem quanto à alimentação adequada para garantir o melhor aproveitamento dos exercícios e manter a saúde.
A nutrição deve ser inserida no plano de treinos com base científica no sentido de otimizar os resultados. O resto é paciência e determinação.

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

22 Janeiro 2019

Incertezas e futuro

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.