Correio do Minho

Braga, sábado

Notas sobre o arranque do ano letivo na ESCA

Investir em obrigações: o que devo saber?

Voz às Escolas

2012-10-01 às 06h00

Hortense Lopes dos Santos

Terminado o mês de setembro, marcado pelo início do ano letivo, impõe-se uma breve reflexão sobre este arranque.
A Escola Secundária Carlos Amarante está aberta a toda a comunidade educativa e, em especial, aos nossos alunos e respetivas famílias. É cada vez visível a preocupação das famílias com o acompanhamento dos alunos, com o seu bem-estar e o quotidiano da Escola. Prova disso, foi a presença de muitos pais e encarregados de educação (em número nunca antes visto), nas reuniões realizadas até à presente data, o que agradecemos e nos deixa muito satisfeitos.

No ensino diurno, frequentam a ESCA mais de 1600 alunos, o que aumentou consideravelmente a procura de determinados serviços que têm correspondido, de forma satisfatória, às solicitações crescentes. Exemplo disso mesmo é a cantina escolar que tem registado um aumento significativo do número de almoços diários (já ultrapassou os 500), mas com a qualidade de sempre e que os nossos alunos reconhecem.

Na última sexta-feira, 28 de setembro, celebramos o Dia do Diploma, com a presença de muitos alunos, pais e professores, também em número nunca antes verificado.
Cumpriu-se o previsto no calendário escolar e, apesar do valor pecuniário que deixou de ser atribuído aos alunos, continuamos a comemorar o dia, homenageando os nossos alunos com a entrega do Diploma de Mérito Ministério da Educação e uma oferta da Escola. Aos finalistas que nos honraram com a sua presença, entregamos o Diploma do Ensino Secundário.

Na mesma cerimónia, foram entregues os Certificados de Mérito da ESCA aos alunos (cerca de 100) que os conselhos de turma destacaram em termos académicos e/ou pelas suas qualidades humanas e participação em atividades diversas, mas sempre dignas de destaque.
Salientamos que os 2 alunos Prémio de Mérito Ministério da Educação obtiveram, respetivamente, a média de 20 valores, no Curso Científico humanístico de Ciências e Tecnologias e 16 valores, no Curso Profissional Técnico de Eletrónica, Automação e Comando.

Médias académicas excelentes, sem sombra de dúvida… No entanto, outros alunos merecem destaque, pelo que devemos acrescentar que dos mais de 200 alunos com o diploma do ensino secundário deste ano, 18 obtiveram média de 19 valores, 30 média de 18, 30 média de 17, 32 média de 16, 41 média de 15, 36 média de 14.

Concluídas as duas fases do acesso ao ensino superior, verificamos, uma vez mais muito orgulhosos, o sucesso dos nossos alunos: 259 foram colocados na 1.ª e 75 na 2.ª fase. O maior número de alunos obteve colocação no curso escolhido na 1.ª opção e a Universidade do Minho continua a ser a preferida por cerca de 60 por cento dos nossos agora ex-alunos.

Apesar de ainda se sentir a procura de cursos na área da saúde, destacando-se Medicina, este ano registou-se um maior número de colocações em Direito, Engenharia Mecânica, Arquitetura, por exemplo. Constatamos, em termos globais, uma maior procura e colocação nos cursos ligados às tecnologias.

Registamos os bons resultados que há anos são a marca da nossa escola e esperamos que no ano letivo agora iniciado melhorem ainda mais.
É o DESAFIO que deixamos a toda a comunidade ESCA.
BOM ANO.

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.