Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Mundial’2018: tudo em família e excelente promoção de Portugal

Sem Confiança perde-se a credibilidade

Ideias

2017-12-04 às 06h00

Paulo Monteiro

O sorteio do Campeonato do Mundo de futebol de 2018, que se realiza na Rússia, juntou um conjunto de vizinhos e conhecidos...
Tudo começou logo com a presença bem assinalada da camisola de Portugal vestida - e muito bem - pelo guitarrista Nuno Bettencourt, um português nascido na Praia da Vitória, nos Açores, e que toca na banda Extreme. Nuno, mundialmente conhecido pelos seus solos demasiado técnicos, tocou ao lado da cantora russa Alsou, uma música composta de propósito para o ‘Mundial’ de 2018 e milhões de pessoas que assistiram ao sorteio pela televisão viram o verde e o nome bem estampado de Portugal na camisola de Nuno... que linda atitude e que excelente promoção do nosso país.

Promoção que veio logo, logo, quando a seguir à Rússia (o país anfitrião da competição), se fez ouvir no Palácio do Kremlin, em Moscovo, o nome de Portugal... Depois o sorteio ditou como adversários Espanha, Marrocos e Irão. Dois países vizinhos e o terceiro com um seleccionador português (Carlos Queiroz). Nada mau. E agora temos todas as possibilidades de seguir em frente. Sim, porque não só somos Portugal, selecção sempre tida como forte, como somos os actuais campeões da Europa.
Não nos podemos queixar do sorteio e da promoção feita desde Moscovo para todo o Mundo.
Agora é só esperar e, jogo a jogo, ir construindo vitórias para chegar até à final marcada para 15 de Julho de 2018, na capital russa.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.