Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +

Mas os professores fazem-nos todos…é assim na ESMS!

Usamos Bruxelas como desculpa para muita coisa

Mas os professores fazem-nos todos…é assim na ESMS!

Voz às Escolas

2022-06-09 às 06h00

Ana Maria Silva Ana Maria Silva

O ano letivo está a terminar. Ao refletirmos sobre o caminho percorrido, ficamos com a certeza que toda a comunidade escolar trabalhou para continuar a trilhar o caminho da excelência e a ser asas para os nossos alunos. Alguém escreveu: “Engenheiros Fazem Pontes. Os Artistas Fazem Pinturas. Os Cientistas Fazem Foguetes. Mas os Professores Fazem-nos Todos”. E, na nossa tarefa de ser professores, conseguimos que cada aluno acredite que vai conseguir ser engenheiro, artista, cientista e tudo quanto ele quiser.
Enquanto diretora da ESMS, sei que, em conjunto, é possível chegar mais longe e que o trabalho de todos quantos fazem parte da nossa comunidade é digno de apreço. Os profissionais da ESMS procuram ser flexíveis e disponíveis para aprender o que ainda não sabem, pois só esta atitude nos permite estar recetivos à diversidade de iniciativas que nos surgem e em que é necessário pensar e agir juntos, uns com os outros. E, neste momento, é crucial estarmos unidos para ajudar os nossos alunos a aprender a conviver com as mudanças alucinantes, e, assim, poderem aprender a sobreviver.
Ao longo de mais este ano letivo, o contexto em que nos movimentamos exigiu de todos respostas alternativas para que o processo de ensino e aprendizagem fluísse com normalidade. O profissionalismo que nos caracteriza levou-nos a encontrar as atitudes adequadas, transformando as dificuldades em oportunidades e, desta forma, foi possível ir em frente com a nossa tarefa coletiva de trabalhar para que cada aluno consiga atingir o sucesso.
Este pressuposto também caracterizou a ação do pessoal não docente. Enquanto escola pública de qualidade podemos afirmar que assistentes operacionais e assistentes técnicos procuraram garantir condições para que a ESMS funcionasse numa atmosfera tranquila e acolhedora para todos os que diariamente aqui trabalham ou que nos procuram.
O trabalho realizado durante este ano testemunha a nossa capacidade permanente de vencer desafios e de deixar marcas naqueles que passam pela nossa instituição.
De regresso ao presencial, a escola encheu-se de vida e de cor. Foram inúmeros os projetos em que os alunos foram desafiados a participar e a aprender por si próprios. Continuamos a cultivar o gosto pela criação, pela curiosidade, o que fomentou a construção de um ambiente propício à criatividade, à exploração de novas formas de aprender, ao questiona- mento, à experimentação, à observação, ao sentimento e à ação com compromisso… Nesta tarefa o papel dos professores foi e será sempre fundamental, sobretudo como criadores de experiências de aprendizagem.
Em maio, os alunos do 11º ano concluíram a sua participação no Torneio de Retórica. Foram meses de trabalho em que os alunos fizeram ouvir a sua voz sobre as mais diversas temáticas, num verdadeiro exercício de cidadania ativa. Ainda durante o mês de maio, alunos e professores voaram para ver a Europa, uns num processo de valorização cultural e outros na tomada de consciência sobre a importância da nossa atitude face a um recurso do qual depende o futuro da humanidade: a água. Aprender a viver sustentavelmente para conseguirmos imaginar o nosso futuro em conjunto é urgente, e o filme vencedor da 4º edição do concurso curtas4you, que integra o plano de atividades do plano Nacional de Cinema da ESMS, reflete essa realidade.
No dia 8 de junho, realizamos a V Mostra de Projetos. Com esta iniciativa pretendemos mostrar o trabalho inovador desenvolvido pelos alunos e pelas diferentes equipas educativas dos três anos dos cursos profissionais.
Para chegar a esta Mostra foi necessário entrar na pedagogia do “learning by doing” (John Dewey). Com os seus trabalhos, os alunos mostram que quando lhes atribuímos responsabilidades com responsabilização os resultados são surpreendentes.
E assim, na ESMS, continuamos a trabalhar para, em conjunto, deixar ao mundo os jovens que o mundo precisa. A todos, pessoal docente e não docente, alunos e pais, MUITO OBRIGADA. Só em conjunto a nossa missão continuará a ser bem-sucedida!

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho