Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +

Limpar Portugal? Nós vamos fazê-lo!

O Movimento Escutista Mundial (IV)

Ideias

2010-03-17 às 06h00

Pedro Machado Pedro Machado

Muito se tem falado da iniciativa Limpar Portugal, através da qual se pretende, num só dia, eliminar lixeiras clandestinas existentes nos espaços florestais portugueses.

Partindo do relato de um projecto desenvolvido na Estónia em 2008, um grupo de amigos decidiu colocar “Mãos à Obra” e propor “Vamos limpar a floresta portuguesa num só dia”. Em poucos dias estava em marcha um movimento cívico que conta já com cerca de mais de 17000 voluntários registados.

O Projecto Limpar Portugal é um movimento cívico que pretende, através da participação voluntária de pessoas particulares e de entidades privadas e públicas, promover a educação ambiental e reflectir sobre a problemática do lixo, do desperdício, do ciclo dos materiais e do crescimento sustentável, por intermédio da iniciativa de limpar a floresta portuguesa no dia 20 de Março de 2010, removendo todo o lixo depositado indevidamente nos nossos espaços verdes.
Neste momento já muitas pessoas acreditam que é possível.

O objectivo é juntar o maior número de voluntários e parceiros, para que todos juntos possamos, no dia 20 de Março de 2010, fazer algo de essencial por nós, por Portugal, pelo planeta, e pelo futuro dos nossos filhos.
Quem quiser ajudar como voluntário ainda vai a tempo de consultar o sítio do projecto na internet, www.limparportugal.org, onde tem toda a informação de como o fazer.

O projecto Limpar Portugal também está aberto a parcerias com instituições e empresas, públicas e/ou privadas, que, através da cedência de meios (humanos e/ou materiais à excepção de dinheiro) estejam interessadas em dar o seu apoio ao movimento.

Nos concelhos pertencentes à área Braval (Amares, Braga, Póvoa de Lanhoso, Terras de Bouro, Vieira do Minho e Vila Verde), os voluntários, com viaturas devidamente identificadas como pertencentes à iniciativa Limpar Portugal, poderão descarregar os resíduos não recicláveis recolhidos nesse dia, no aterro sanitário da Serra do Carvalho, gratuitamente.

Relativamente aos resíduos recicláveis, nos pontos de coordenação existirão pontos para separação de embalagens, cartão, vidro, mas também pneus, pára-choques e resíduos de equipamentos eléctricos e electrónicos.

No que diz respeito à remoção dos resíduos, o principal objectivo do Projecto Limpar Portugal é remover lixos depositados ilegalmente em espaço florestal. No entanto, dependendo das necessidades de cada concelho, assim como o número de voluntários disponíveis, podem ser levadas a cabo outras acções de limpeza, tais como a limpeza de bermas de estradas em povoações em serviços de limpeza de vias públicas, limpeza de praias, limpezas de espaços públicos de interesse da população.

No dia 20 de Março de 2010, por um dia, vamos fazer parte da solução deixando de ser parte do problema, é o lema da organização desta iniciativa. No entanto, questiono-me: E depois do dia 20 de Março? Acabarão de vez as lixeiras clandestinas ou continuaram a ser depositados resíduos ilegalmente em espaços florestais?

E porque é que isto acontece quando os municípios disponibilizam recolhas de monstros, gratuitamente, as empresas que comercializam electrodomésticos, ficam com os equipamentos velhos, já existem Pontos Electrão para colocação dos pequenos equipamentos eléctricos e electrónicos usados. Em última instância, se as pessoas têm o trabalho de ir ao monte levar o colchão ou o frigorífico, poderão também entregá-los no ecocentro da Braval, também gratuitamente.

Não faltam soluções para nos livrarmos adequadamente dos resíduos volumosos, será que a falta de conhecimento desculpa este tipo de comportamentos?

Esta iniciativa é de louvar, mas espero que não seja possível repeti-la todos os anos. Significaria que, para além dos efeitos práticos do Limpar Portugal, se conseguiu também sensibilizar e despertar as consciências para este problema.
“Limpar Portugal? Nós vamos fazê-lo! E tu? Vais ficar em casa?' Braval, a Limpar Portugal desde 1996!...

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho