Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +

Liderar Gerações Por Portugal

A lampreia na Escola, uma aluna especial!

Liderar Gerações Por Portugal

Ideias Políticas

2020-02-18 às 06h00

Francisco Mota Francisco Mota

A Juventude Popular vive um momento extraordinário com a eleição do Francisco Rodrigues dos Santos como líder do CDS-PP. Foi um líder que elevou a fasquia de uma geração e colocou a JP na liderança do debate político. Assumo com orgulho o património e o percurso traçado até então. Pautaremos a nossa acção, daqui em diante, focados na reorganização interna, na aposta na implantação local, no diálogo estruturado com as organizações de juventude e na valorização da formação com vista ao próximo combate político que são as eleições autárquicas. Dentro da nossa independência e autonomia, encarando a JP como a melhor coligação do CDS, seremos complementares na acção política.
Esta é a hora de colocar na agenda política o compromisso intergeracional, a responsabilidade política dos seus agentes e romper com o poder instalado de que não há esperança num futuro diferente. Muito mais que ideológico o país vive numa guerra cultural onde tenho a esperança que a democracia cristã possa conquistar os mais de 54% dos portugueses que desistiram do socialismo, mas não se sentem mobilizados para acreditarem num projecto político diferenciador.
Continuaremos a afirmarmo-nos como a única juventude partidária de direita em Portugal, sem complexos e com a certeza de que seremos a voz das novas gerações que acreditam num Portugal sem as amarras do socialismo. Seremos um instrumento ao serviço do País e dos portugueses.
Pode a Juventude Portuguesa contar com uma voz activa, vigorante e pragmática na defesa dos seus interesses, motivações e ambições, sem nunca esquecer os valores em que assentam as nossas ideias.
Combateremos o politicamente correcto ou a ditadura de opinião imposta pela esquerda. Não pediremos autorização a ninguém para dizermos aquilo que pensamos ou acreditamos. Faremos das nossas convicções a razão da nossa existência e a motivação necessária para seguirmos em frente.
Esta é a hora de voltar acreditar num país às direitas, descomplexado e livre. Como diz a declaração de princípios do CDS - que continua revestida de actualidade - “Saibamos reconhecer, sem complexos de inferioridade, o atraso económico, cultural e social de Portugal, para agir com base na nossa situação concreta e não através da cópia superficial de figurinos estrangeiros, ou da irresponsável tentativa ele implantação de modelos sociais indefinidos e utópicos”. Este é o momento de vencer a indiferença e marcar pela diferença e de encarar para a necessidade de recomeçar como uma oportunidade para mudar.
Conta o País com uma Juventude Popular que continue a dar vida ao CDS. Vamos Liderar Gerações Por Portugal!

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias Políticas

23 Junho 2020

Teletrabalhar

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho