Correio do Minho

Braga, sexta-feira

“Um minuto da sua atenção”

Investir em obrigações: o que devo saber?

Ideias

2017-11-09 às 06h00

Paulo Monteiro

“Uma torneira aberta durante 1 minuto pode gastar 12 litros de água. Segundo as Nações Unidas, um ser humano precisa de 110 litros de água por dia. Fechando a torneira 1 minuto, poupamos 12 litros de água. Se todos o fizermos, poupamos 120 milhões de litros num minuto. O suficiente para garantir as necessidades básicas diárias de 1 milhão de portugueses. Não controlamos o tempo que faz, mas podemos controlar o que fazemos com o tempo. Um minuto por dia, vamos fechar a torneira à seca”.

Este texto é um anúncio e leva sensivelmente 1 minuto a ler. Um anúncio publicado, ontem, nos jornais, incluindo o ‘Correio do Minho’, pelo Governo, que apela à poupança da água.
Estamos actualmente numa situação de extrema seca e o problema é grave. Hoje, mais do que nunca temos de nos sensibilizar a nós próprios para poupar ao máximo no consumo de água.
O mês de Outubro já foi o mais seco dos últimos 20 anos, com apenas 30% da precipitação normal para a época e, no final do mês, 24,8% do território nacional estava em seca severa e 75,2% em seca extrema.

Não há que fugir e temos mesmo que admitir que as alterações climáticas vieram para ficar e para mudar muito mais depressa do que se pensava. No mundo há muita gente que não liga, mas nós temos que ligar. Nós, portugueses e europeus, temos que mostrar ao Mundo que temos que mudar rapidamente as nossas atitudes e as nossas mentalidades. O tempo está a mudar. Em Portugal, está cada vez a chover menos. Temos de poupar. Temos de mudar hábitos.
Temos que fechar a torneira por muitos minutos...

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.