Correio do Minho

Braga,

Jeroen Djisselbloem: uma vergonha...

A vida não é um cliché

Ideias

2017-03-23 às 06h00

Paulo Monteiro

O presidente do Eurogrupo já não me surpreende... Ontem acabou por dar a alfinetada final ao seu mau temperamento ao ser demasiado insolente quando resolveu não pedir desculpas pelo que disse, no domingo, numa entrevista a um jornal alemão. Jeroen Djisselbloem afirmou ao ‘Frankfurter Allgemeine Zeitung’ referindo-se aos países do sul: “como social-democrata, considero a solidariedade um valor extrema- mente importante. Mas também temos obrigações. Não se pode gastar todo o dinheiro em mulheres e álcool e, depois, pedir ajuda”.

Um eurodeputado espanhol leu esta parte da entrevista e perguntou-lhe:
“Perante isto o senhor não vai pedir desculpa?”
Djisselbloem respondeu: “claro que não... e não tem de ler a minha afirmação porque eu sei o que disse. Saiu desta boca portanto, não tem de lê-la”. Está tudo dito. A insolência em pessoa.
Provavelmente ainda andará mal disposto pelos maus resultados das eleições gerais na Holanda, do passado dia 15 de Março, onde o seu partido (Partido Trabalhista) foi o que sofreu a derrota mais pesada uma vez que passou de 38 para 9 deputados. E se até ao momento estava coligado com os liberais do VVD do primeiro-ministro Mark Rutte (que voltou a ser o mais votado nas eleições), agora o futuro será muito incerto, colocando mesmo o lugar do ministro das Finanças - que é de Jeroen Djisselbloem - em perigo.

É mais do que provável que deixe o cargo e, ao mesmo tempo, o da presidência do Eurogrupo. Mas... antes disso acontecer o melhor que tinha mesmo a fazer era demitir-se. Foi uma pouca vergonha o que disse. Não é digno de um alto cargo europeu. Só desprestigia a nossa União Europeia...

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.