Correio do Minho

Braga,

…E há a Maria Miguel, de Braga!

Verdade ou consequência

Ideias

2017-10-03 às 06h00

Carlos Pires

Na última crónica que escrevi neste espaço de opinião, há 15 dias atrás, trouxe-vos a história corajosa de Alexandra, a jovem estudante portuguesa de Direito, emigrada em Londres, que enfrentou e venceu em tribunal um consórcio britânico de advogados, para ajudar uma nossa compatriota, de 69 anos, a receber indemnização de 200 mil euros.
Um exemplo para outros jovens e adultos, um exemplo de determinação e altruísmo. A prova de que não é verdade o que se diz: que os jovens de hoje são alienados, que só querem saber de diversão, que são preguiçosos, que recusam participar na “res publica, nomeadamente na política.

Ser jovem hoje em dia é muito diferente do que era ser jovem em épocas passadas. Eu arriscaria mesmo em afirmar: é mais difícil, mesmo que isto possa parecer inverosímil, atentas as aparentes facilidades atuais. E porquê? O mundo mudou muito: é mais rápido, é todo digital, há uma imensidão de informação acessível a todos, o que nem sempre é fácil de gerir. É um mundo tecnológico, que paradoxalmente aproxima quem está longe, mas distancia quem está perto. Neste universo “smartphonico” há maior liberdade sexual, de expressão e escolha profissional, o que era inimaginável no passado. Contudo, a dualidade do atual pensamento social coloca, lado a lado, toda a facilidade disponível e a exigência cada vez maior no que diz respeito à competência profissional, à estética, ao sucesso, entre outras coisas.

Como exigir dos jovens, que têm à sua disposição todas as facilidades proporcionadas pelos pais e pela sociedade, que lutem por um objetivo, que encarem as frustrações que toda a conquista requer?
E é mergulhado nestas cogitações que vos trago, desta vez, o exemplo de mais uma jovem, de Braga, a Maria Miguel. Em Novembro do ano passado ganhou o concurso de modelos L’Agence Go Top Model. Há dias, e com apenas 16 anos de idade, tornou-se a primeira modelo portuguesa a desfilar em exclusivo para a prestigiada casa de Moda parisiense, Saint Laurent. Mais, foi a modelo escolhida para abrir o desfile, seguida por outros sonantes nomes das passerelles mundiais, como a filha de Cindy Crawford, a modelo Kaia Gerber.

Em entrevista à revista Vogue Portugal, Maria Miguel refere que “não procurou a Moda, foi a Moda que a encontrou”. Na verdade, queria ser futebolista. E como aí se diz, e bem: “não procurou, mas deu tudo quando a oportunidade surgiu, nunca esmoreceu na altura de agarrar com as duas mãos momentos reservados apenas para algumas”. Ainda, refere na mencionada entrevista que pretende “conseguir conciliar a vida de modelo com os estudos. Mas quero aproveitar todas as oportunidades. E deixar em cada trabalho todo o meu esforço, dedicação e profissionalismo. Depois se verá onde chego.

Aos 16 anos de idade e com um pensamento tão maduro e responsável. A Maria Miguel, por motivos profissionais relativos aos seus pais, já viveu em Braga, Porto, mas também Luanda e Londres. A deslocalização permitiu-lhe conhecer novas culturas e formas de organização. Talvez daí advenha parte do profissionalismo e simplicidade que revela e já tão enaltecidos pelos seus pares. A Maria é ainda a prova, posso afirmá-lo aqui porque conheço o contexto, de que os jovens precisam da solidez dos valores e da experiência dos mais velhos, precisam de uma boa estrutura familiar. É essencial para a formação da respetiva personalidade e esta, por sua vez, permitirá que se destaquem em qualquer atividade em que se lancem.

É esse aviamento que converte a Maria Miguel, hoje, a par da Alexandra, em mais uma fonte de inspiração para outros jovens. O exemplo de que com determinação e simplicidade podem realizar todas as utopias e sonhos. Porque a hora é agora!

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.